PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Favoritar Time

Cássio comenta suposto caso de injúria racial cometida por companheiro de Corinthians

20 mai 2022 14h04
ver comentários
Publicidade

O goleiro Cássio, do Corinthians, não deixou de comentar sobre o caso de um suposto crime de injúria racial cometido pelo companheiro de clube, Rafael Ramos, contra o jogador Edenilson, do Internacional. Segundo ele, o jogador colorado não está mentindo, mas o camisa 12 também acredita no lateral português.

"Sou contra qualquer preconceito, racismo, totalmente contra. Eu deixo para o Corinthians (levar o caso), porque está tendo um inquérito em cima disso. Não digo que o Edenilson está mentindo, mas o Rafa sempre se mostrou correto aqui no Corinthians. Está tendo uma investigação, deixo para falar sobre quando tudo for investigado. Sou contra qualquer ato de racismo e qualquer situação de preconceito", disse ele em coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira no CT Dr. Joaquim Grava.

No último final de semana, no empate por 2 a 2 contra o Internacional, no Beira-Rio, o meio-campista Edenilson acusou Rafael Ramos de ter dito a palavra "macaco" no segundo tempo. O jogo ficou paralisado, mas voltou a acontecer após alguns minutos. Depois do duelo, o jogador do Inter registrou um boletim de ocorrência, e Rafael Ramos acabou detido pela Polícia.

Após o pagamento da fiança por parte do clube, que afirmou que o "pagamento de fiança não implica admissão de culpa", ele responderá ao caso em liberdade. O atleta nega a acusação e Edenílson reafirma o que ouviu em campo.

Na última terça-feira, no estádio La Bombonera, um novo caso de injúria racial foi flagrado. Torcedores do Boca Juniors apareceram imitando macaco, como aconteceu na Neo Química Arena, em direção à torcida corintiana. O Corinthians, junto à Federação Paulista de Futebol, vai protocolar dois pedidos de punição ao Boca, um por conta disso e outro diante dos problemas enfrentados pelos torcedores para acessar o local da partida.

O Corinthians está se preparando para enfrentar o São Paulo, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), em Majestoso a ser disputado na Neo Química Arena - o Tricolor nunca venceu por lá. O duelo vale a liderança do Brasileirão, já que o Timão é o primeiro colocado, com 13 pontos, e o rival é o terceiro, com 11. O Atlético-MG, que está na segunda colocação, já tem sete jogos disputados.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade