PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Favoritar Time

Ônibus do Grêmio é apedrejado ao chegar no Beira-Rio; jogadores ficam feridos

Partida, prevista para as 19h, chegou a ser remarcada para as 21h, mas Federação decidiu adiar realização do clássico gaúcho

26 fev 2022 18h25
| atualizado às 21h48
ver comentários
Publicidade
Villasanti é retirado de ambulância do estádio Beira-Rio, após ficar ferido em ataque a ônibus do Grêmio
Villasanti é retirado de ambulância do estádio Beira-Rio, após ficar ferido em ataque a ônibus do Grêmio
Foto: Richard Ducker/ FramePhoto/ Estadão Conteúdo

O Gre-Nal 435, que aconteceria na noite deste sábado, 26, deverá acontecer em nova data. O clássico estava previsto para começar às 19h, mas o ônibus da delegação do Grêmio foi alvo de pedradas ao chegar no Beira-Rio. 

O árbitro da partida chegou a anunciar que o jogo começaria às 21h, mas a Federação informou a suspensão do clássico. Uma nova data será anunciada. 

ônibus da deleção do Grêmio foi atingido por pedras vindas da torcida adversária e jogadores ficaram feridos. Villasanti chegou a ser levado ao hospital.

Após o ocorrido, o presidente gremista Romildo Bolzan declarou que sua equipe não entraria em campo.

"Não estamos nos sentindo seguros. O Villasanti estava escalado para a partida. Temos vários jogadores que tiveram de ir tomar banho pois estão cheios de vidro. Não há condições técnicas nem psicológicas para fazer a partida", disse em entrevista a jornalistas.

O meio-campista Villasanti ficou com o rosto machucado e precisou de atendimento. Em seguida, o jogador foi levado ao hospital junto com o médico do Grêmio.

"O Grêmio está cuidando de seus jogadores. Nós não vamos nem ter médico para o jogo. O médico e nosso enfermeiro estão indo junto com o jogador (ao hospital). O Grêmio vai aguardar as decisões e irá embora logo em seguida", continuou Bolzan.

"O vestiário está conturbado, traumatizado, completamente abatido emocionalmente. Temos um jogador que quase morreu", encerrou.

Ataque ao ônibus do Grêmio

Em fotos divulgadas, é possível ver o estrago feito no ônibus, assim como o tamanho de uma das pedras atiradas pelos torcedores. A  bola esta prevista para começar rolar no Beira-Rio a partir das 19h (de Brasília) deste sábado.

O confronto é válido pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho. Enquanto o Tricolor é primeiro colocado, o Colorado chega pressionado por um melhor desempenho. A equipe ocupa o quarto posto.

O incidente se dá na mesma semana em que caso parecido ocorreu com a delegação do Bahia. Antes da partida frente ao Sampaio Correa, pela Copa do Brasil, na última quinta-feira, uma bomba explodiu dentro do ônibus do Esquadrão de Aço, ferindo mais gravemente o goleiro Danilo Fernandes, ex-Inter.

*Com informações do LANCE!

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade