1 evento ao vivo

Gabriel Jesus marca duas vezes e garante vitória do City contra o Burnley

3 dez 2019
20h21
atualizado às 20h22
  • separator
  • 0
  • comentários

O brasileiro Gabriel Jesus marcou duas vezes pelo Manchester City e o espanhol Rodri marcou um golaço em uma vitória confiante por 4 x 1 contra o Burnley nesta terça-feira, mostrando que os atuais campeões ingleses talvez possam manter vivas as esperanças por mais um título na liga nacional.

Gabriel Jesus comemora gol marcado contra o Burnley pelo Campeonato Inglês
03/12/2019 Action Images via Reuters/Carl Recine
Gabriel Jesus comemora gol marcado contra o Burnley pelo Campeonato Inglês 03/12/2019 Action Images via Reuters/Carl Recine
Foto: Reuters

O resultado faz com que a equipe de Pep Guardiola, que havia empatado com o Newcastle no último sábado, volte à diferença de oito pontos do líder Liverpool antes do dérbi municipal, contra o Everton, no estádio de Anfield na quarta-feira.

Gabriel Jesus, que havia marcado em posição de impedimento no início do jogo, aliviou o nervosismo do City com uma bela finalização cruzada em curva aos 24 minutos de jogo, após uma rápida troca de passes que terminou com um lançamento de David Silva para o atacante brasileiro.

O meia português Bernardo Silva iniciou o segundo gol lançando a bola na área aos cinco minutos da segunda etapa. O ex-palmeirense, que não marcava há 10 jogos pela equipe e pela seleção, finalizou de forma cirúrgica, com um belo salto.

O resultado tranquilo foi assegurado aos 23 do segundo tempo quando um chute bloqueado de David Silva caiu nos pés de Rodri na entrada da área e o volante espanhol deu um chute forte e indefensável para o goleiro Nick Pope para fazer 3 x 0.

O reserva Riyad Mahrez fez o quarto a três minutos do fim, com um chute rasteiro da entrada da área, mas a equipe de Guardiola cedeu um gol de honra a Robbie Brady no final da partida.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade