PUBLICIDADE

Zagallo: clubes lamentam morte do ex-jogador e CBF decreta sete dias de luto

Zagallo morreu nesta sexta, 5, aos 92 anos; confira as mensagens de luto deixadas ao Velho Lobo

6 jan 2024 - 07h39
(atualizado às 11h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Mário Jorge Lobo Zagallo, ex-jogador e ex-treinador multicampeão, morreu no Rio de Janeiro aos 92 anos. A Confederação Brasileira de Futebol decretou sete dias de luto. Ele foi o único futebolista tetracampeão da Copa do Mundo.
'Brasil campeão tem treze letras', sempre falava Zagallo, que relacionava suas façanhas com o número
'Brasil campeão tem treze letras', sempre falava Zagallo, que relacionava suas façanhas com o número
Foto: Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF

O ex-jogador e ex-treinador multicampeão Mário Jorge Lobo Zagallo morreu aos 92 anos, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 5.

Com a informação, confirmada pela assessoria de Zagallo na madrugada deste sábado, 6, clubes lamentaram sua partida. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também se pronunciou e decretou sete dias de luto.

Confira as mensagens dos clubes sobre o falecimento do 'Velho Lobo':

Luto

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, decretou luto de sete dias em homenagem à memória do “eterno campeão”, como explicado em nota divulgada pela Confederação. Além disso, também foi decretado um minuto de silêncio em todas as partidas da primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Nordeste, que começa neste sábado, 6.

"A CBF e o futebol brasileiro lamentam a morte de uma das suas maiores lendas, Mário Jorge Lobo Zagallo.  A CBF presta solidariedade aos seus familiares e fãs neste momento de pesar pela partida deste ídolo do nosso futebol ", afirmou Rodrigues.

Em 2022, a Confederação inaugurou uma estátua em homenagem a Zagallo no Museu da CBF.

Nota de pesar

Confira a nota de pesar na íntegra, compartilhada pela assessoria do ex-jogador em suas redes sociais, na madrugada deste sábado:

É com enorme pesar que informamos o falecimento de nosso eterno tetracampeão mundial Mario Jorge Lobo Zagallo.

Um pai devotado, avô amoroso, sogro carinhoso, amigo fiel, profissional vitorioso e um grande ser humano. Ídolo gigante. Um patriota que nos deixa um legado de grandes conquistas.

Agradecemos a Deus pelo tempo que pudemos conviver com você e pedimos ao Pai que encontremos conforto nas boas lembranças e no grande exemplo que você nos deixa.

Trajetória multicampeã

Zagallo foi o único futebolista tetracampeão da Copa do Mundo. Nascido em Atalaia (AL), atuava como ponta-esquerda e começou nas categorias amadoras do America-RJ. No clube do coração, conquistou seu primeiro título, o Campeonato de Amadores do Rio de Janeiro. Também conquistou o Torneio Início do Campeonato Carioca, em 1949. 

Um ano depois, foi transferido ao Flamengo. Pelo Rubro-Negro, foi tricampeão do Carioca, entre 1953 e 1955. Mas, logo após a Copa do Mundo de 1958, assinou com o Botafogo, onde conquistou dois títulos estaduais, a Taça Brasil e atuou ao lado de Garrincha, Didi e Nilton Santos. 

Os títulos pelos clubes cariocas chamaram a atenção e os olhares da Seleção Brasileira a Zagallo, que atuou na conquista das Copas de 1958 e 1962. O ponta-esquerda era conhecido pela velocidade, inteligência tática e deslocamentos rápidos.

Aposentadoria e carreira como treinador

Zagallo pendurou as chuteiras em 1966 e iniciou a carreira como técnico nas categorias de base do Botafogo. Com passagens como treinador pelo Glorioso e pelo Flamengo, o Velho Lobo, como passou a ser conhecido posteriormente, também treinou o Vasco da Gama, o Fluminense, Bangu, Portuguesa e o Al-Hilal, da Arábia Saudita. 

A relação de Zagallo com a Seleção Brasileira também teve sequência após a aposentadoria como jogador. O treinador comandou a Canarinho nas conquistas de 1970 e 1994, título este que o sagrou como o único tetracampeão da Copa do Mundo. Seu último trabalho foi em 2006, como parte da comissão técnica de Carlos Alberto Parreira.

Relembre a carreira de Zagallo, único tetracampeão mundial Relembre a carreira de Zagallo, único tetracampeão mundial

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade