PUBLICIDADE

Vitória atropela o Brasil de Pelotas e ganha sobrevida na luta contra o Z4 da Série B

Resultado mantém acesas as esperanças do Leão em sair da últimas colocações; revés complica ainda mais a vida do Xavante, que segue na lanterna

23 out 2021 18h30
ver comentários
Publicidade

Vivendo situações delicadas no Campeonato Brasileiro da Série B, Vitória e Brasil de Pelotas sabiam que não poderiam ceder espaços para erros na tarde deste sábado, no Barradão, em Salvador, pela 31ª rodada. Fazendo valer o fator casa, o Leão, ainda no primeiro tempo, chegou a abrir uma boa vantagem sobre o adversário, e David, já na etapa final, fechou a conta em 4 a 0.

Jogadores do Vitória comemoram um dos gols da equipe na vitória sobre o clube gaúcho (Foto: Reprodução/SporTV)
Jogadores do Vitória comemoram um dos gols da equipe na vitória sobre o clube gaúcho (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

Com o resultado, a equipe comandada por Wagner Lopes chegou aos 32 pontos, recuperando a 18ª colocação. Já o time comandado por Jerson Testoni, por conta do novo tropeço, segue na lanterna da competição com seus 20 pontos.

Bom início por parte dos visitantes

Mesmo jogando longe de seus domínios, a equipe do Brasil de Pelotas não intimidou-se e partiu para seu campo de ataque. Em uma primeira tentativa, aos 4 minutos, Rildo, em cobrança de falta, acabou mandando na rede pelo lado de fora assustando o goleiro do Vitória.

Tentando ditar o ritmo de jogo, além de ficar um pouco mais com a posse de bola, o Xavante, aos poucos, viu o Leão igualar as coisas. Até meados dos 15, os mandantes conseguiram criar boas chances com David e Eduardo, porém ambas sem sucesso.

Vitória cresce e abre boa vantagem ainda na etapa inicial

Já na reta final do primeiro tempo, o Vitória não queria saber de levar o empate sem gols para os vestiários. Mesmo perdendo Bruno Oliveira, que acabou deixando o campo para o lugar de Caíque Sousa, os donos da casa conseguiram abriu a contagem no Barradão com Fabinho, aos 35, após o atacante limpar a jogada e bater sem chances para o camisa 1 rival.

E não demorou muito para sair o segundo. Minutos depois, aos 37, David recebeu entre os zagueiros do Brasil e, invadindo em direção para o gol, mandou forte para o fundo das redes ampliando o marcador.

Embalado pelos dois tentos, a rede do Brasil de Pelotas voltou a balançar. Após cobrança de falta de Roberto, a bola acabou batendo na mão de Arthur, com os jogadores do Vitória pedindo pênalti, fazendo com que o árbitro Héber Roberto Lopes parasse o jogo após o lance. Sendo assim, após consulta ao VAR, a penalidade foi marcada, fazendo com que o próprio Roberto fosse para a bola e, deslocando o arqueiro, marcou o terceiro gol do jogo, fechando o placar parcial em 3 a 0.

Equipe gaúcha pouco criava no início de segundo tempo

Tentando dar uma injeção de ânimo em sua equipe, o técnico Jerson Testoni ainda arriscou duas substituições no intervalo, colocando Leandro Camilo e Sousa nos lugares de Alan Dias e Rildo, respectivamente. Porém, até meados dos 15 minutos, viu o Leão trocar passes na maior parte do tempo, conseguindo uma única finalização quando teve a posse de bola, na cabeçada de Renatinho, que passou perto do gol de Rafael Arcanjo.

Vitória fecha a conta

Com substituições promovidas pelos dois comandantes, o panorama do jogo pouco mudou. Entretanto, mesmo tendo diminuído bastante o ritmo, o Leão chegou ao quarto gol com David, cabeceando com estilo após cruzamento de Roberto.

Após o tento, sem acréscimos, o árbitro finalizou o duelo com direito a goleada por 4 a 0 por parte dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 4x0 BRASIL DE PELOTAS

Data e horário: 23/10/2021, às 16h30 (de Brasília)

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (CBF-SC)

Assistentes: Éder Alexandre (CBF-SC) e Johnny Barros de Oliveira (CBF-SC)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (CBF-RJ)

Cartões Amarelos: Caíque Souza, 41'/1ºT; Alan Dias, 46'/1ºT; Arthur, 49'/1ºT; Bruno Matias, 16'/2ºT

Gols: Fabinho, 35'/1ºT (1-0); David, 37'/1ºT (2-0); Roberto, 50'/1ºT (3-0); David, aos 36'/2ºT (4-0)

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Raul Prata (Van, aos 22'/2ºT), Mateus Moraes, Wallace Reis (Thalisson Kelven, aos 29'/2ºT) e Roberto; João Pedro, Bruno Oliveira (Caíque Souza, 32'/1ºT) e Eduardo (Fernando Neto, aos 22'/2ºT); Fabinho (Alisson Santos, 22'/2ºT), David e Marcinho.

(Técnico: Wagner Lopes)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo; Vidal, Arthur (Héverton, aos 32'/2ºT), Alan Dias (Leandro Camilo, no intervalo) e Kevin; Diego Gomes (Patrick, aos 21'/2ºT), Bruno Matias, Rildo (Sousa, no intervalo), Renatinho (Caio Rangel, aos 32'/2ºT) e Netto; Erison.

(Técnico: Jerson Testoni)

Lance!
Publicidade
Publicidade