3 eventos ao vivo

Sem Tite, Fifa revela concorrentes a melhor técnico do mundo

Lista tem seis treinadores de clubes e cinco de seleções que estavam na Copa do Mundo

24 jul 2018
10h11
atualizado às 10h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Fifa divulgou nesta terça-feira (24) a lista dos 11 concorrentes ao prêmio de melhor técnico do futebol masculino. Tite, da seleção brasileira, ficou de fora da disputa que terá a cerimônia de premiação no dia 24 de setembro, em Londres.

Didier Deschamps, que comandou a França na conquista da Copa do Mundo da Rússia, está entre os indicados. Outro francês candidato ao prêmio é Zinedine Zidane, vencedor do troféu em 2017 e que levou o Real Madrid neste ano ao tricampeonato consecutivo da Liga dos Campeões. Curiosamente, Zidane e Deschamps levantaram como jogador a taça da Copa de 1998, na França.

Didier Deschamps concorre ao prêmio de melhor técnico
Didier Deschamps concorre ao prêmio de melhor técnico
Foto: Christian Hartmann / Reuters

A principal surpresa da lista é a presença do técnico da seleção russa, Stanislav Cherchesov. Também estão presentes o treinador da Croácia, Zlatko Dalic, vice-campeão mundial, Roberto Martinez, que levou a Bélgica à inédita medalha de bronze e Gareth Southgate, que comandou a seleção inglesa, quarta colocada na Copa.

Completam os indicados outros dois técnicos do futebol espanhol: Ernesto Valverde (Barcelona) e Diego Simeone (Atlético de Madrid). Dois treinadores de clubes ingleses: Pep Guardiola (Manchester City) e Jürgen Klopp (Liverpool). Além de Massimiliano Allegri, da Juventus.

Tite vivia a expectativa de estar na lista final pela ótima campanha que fez junto à seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. No entanto, a precoce eliminação para a Bélgica nas quartas de final do Mundial o deixou de fora.

A lista dos 11 nomes foi definida por especialistas escolhidos pela Fifa. A votação para a escolha do melhor técnico começará na terça-feira e vai até 10 de agosto. Os torcedores podem votar pelo site da principal entidade do futebol.

Ainda haverá outros três grupos de votantes: jornalistas escolhidos pela Fifa, além dos técnicos das seleções e seus respectivos capitães. O período analisado dos treinadores vai de 3 de julho de 2017 até 15 de julho de 2018. A indicação dos três finalistas será feita no início de setembro.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade