0

Sem os titulares, Valdívia faz primeiro treino no São Paulo

8 fev 2018
18h41
atualizado às 19h41
  • separator
  • comentários

Passada a vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino, no Morumbi, o São Paulo voltou a trabalhar nesta quinta-feira apenas com os jogadores que não foram utilizados no confronto e aqueles acionados no decorrer da partida. Embora os principais atletas tricolores não tenham marcado presença, a atividade chamou a atenção por conta de Valdívia, que foi a campo pela primeira vez como novo reforço são-paulino no dia seguinte à terceira vitória consecutiva de sua equipe na temporada.

Apesar do pouco tempo de casa, o jogador que pertence ao Internacional, mas que estava emprestado ao Atlético-MG, mostrou certa intimidade com seus novos companheiros e já vive normalmente o ambiente leve que toma conta do clube após um momento um tanto quanto turbulento do Tricolor neste início de 2018.

Com bastante tempo para trabalhar - o São Paulo só volta a campo na próxima quarta-feira, contra o CSA, fora de casa, pela Copa do Brasil -, Dorival Jr comandou inicialmente uma atividade em que os atletas tinham de construir jogadas sem a marcação, lembrando os treinos que Juan Carlos Osorio costumava elaborar no período em que esteve à frente do tricolor. Os atletas foram divididos em duas equipes: a sem colete, que contou com Edimar, Aderllan, Pedro Augusto e Bruno, Hudson, Caíque, Valdívia, Paulo Boia e Bissoli; e a de azul, que tinha Paulo Henrique, Anderson Martins, Arboleda, Shaylon, Júnior Tavares, Araruna, Marquinhos Cipriano, Brenner e Tréllez.

Posteriormente, esses dois times se enfrentaram em campo reduzido e tinham um limite para acionar um dos atacantes, que por sua vez, precisavam finalizar antes da linha da grande área. Bastante enérgico, Dorival Jr dividia com seu filho e auxiliar técnico da equipe, Lucas Silvestre, a função de coordenar os movimentos de seus jogadores.

Por conta de Rodrigo Caio ter recebido o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira, ele não poderá atuar no próximo compromisso da equipe no Paulistão, contra o Santos, no dia 18 de fevereiro, já que o duelo com o Ituano foi adiado para o dia 21 do mesmo mês por conta da Copa do Brasil. Justamente por isso, Dorival Jr aproveitará para observar quem deve formar a dupla de zaga no Estadual. Bruno Alves, Anderson Martins, livre das dores na coxa esquerda, e Arboleda, também recuperado de um estiramento na coxa direita, polarizam a disputa no setor, enquanto Aderllan corre por fora.

O São Paulo volta a trabalhar com todo o elenco nesta sexta-feira pela manhã, dia em que a comissão técnica começará a preparação para o confronto com o CSA. Como se trata de Copa do Brasil, Rodrigo Caio não possui qualquer restrição para entrar em campo. Após o treinamento, o clube irá apresentar Valdívia, são-paulino desde a infância e que chega ao Morumbi com passe fixado e vínculo de empréstimo válido até o final desta temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade