PUBLICIDADE

Ronaldo desconhece insatisfação de Léo Moura: "nunca falou"

30 jun 2015 12h18
| atualizado às 13h35
ver comentários
Publicidade

Presente na apresentação de Léo Moura no Fort Lauderdale Strikers, clube do qual é sócio, em março deste ano, o ex-jogador Ronaldo afirmou, nesta segunda-feira, que não fazia ideia do descontentamento do brasileiro no futebol dos Estados Unidos. No programa Bem, amigos!, do SporTV, Ronaldo garantiu que liberou o veterano lateral direito para diminuir gastos.

"A verdade é que, para mim e para meus sócios, o Léo nunca falou nada. Ele sempre falava que estava feliz, adaptado, com a família toda. Agora, ele resolveu operar, fazer essa confusão com Vasco e Coritiba. Só que ele não pode jogar em outra equipe que não seja o Flamengo. Nós liberamos ele, não queremos jogador insatisfeito no nosso time. Ainda mais ganhando em dólar (risos)", contou Ronaldo.

Lateral direito foi dispensado do Fort Lauderdale Strikers
Lateral direito foi dispensado do Fort Lauderdale Strikers
Foto: Fort Lauderdale Strikers / Divulgação

Após se despedir do Flamengo depois do vice no Estadual, Léo Moura aceitou o desafio de jogar nos EUA, defendendo as cores do Fort Lauderdale Strikers, time da NASL (segunda maior liga americana). No entanto, o lateral alegou problemas familiares para voltar ao Brasil e iniciar conversas com Vasco e Coritiba.

Especulado em São Januário e no Couto Pereira, Léo Moura é impedido de atuar por outro clube senão Flamengo ou Strikers. De acordo com o regulamento de transferências da Fifa, um jogador não pode atuar por três equipes diferentes na mesma temporada, nem a partir da liberação de uma delas.

Atualmente sem clube, Léo Moura segue no Brasil desde o último dia 20, quando o elenco do Fort Lauderdale Strikers foi a Campinas (SP) para disputar um amistoso contra a Ponte Preta.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade