1 evento ao vivo

Palmeiras transfere atletas da base para hotel após vistoria da Prefeitura

Imóveis em que os jogadores ficam alojados estão sendo reavaliados para garantir a segurança

13 fev 2019
20h25
atualizado às 20h28
  • separator
  • 0
  • comentários

As vistorias que a Prefeitura de São Paulo iniciou nesta quarta-feira para avaliar as condições de funcionamento dos CTs que hospedam atletas profissionais e das categorias de base estão provocando efeitos imediatos em todos os clubes da capital. Na noite desta quarta-feira, o Palmeiras divulgou uma nota oficial informando que os atletas das categorias de base vão dormir em hotel.

Normalmente, o clube aluga imóveis residenciais para os novos jogadores. Esses imóveis também estão no alvo da Prefeitura de São Paulo. "O Palmeiras decidiu hospedar os atletas das categorias de base em um hotel da capital paulista", diz trecho da nota.

Palmeiras
Palmeiras
Foto: Divulgação/Agência Palmeiras / Estadão

O Palmeiras é o segundo clube a mudar a forma de alojar os atletas da base. Na terça-feira, o São Paulo suspendeu o funcionamento do CT da Barra Funda temporariamente e os jogadores foram para a sede de Cotia.

A Prefeitura anunciou as vistorias nos clubes em reunião que contou com representantes do poder municipal e de seis times de futebol: São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Portuguesa, Juventus e Nacional. "Demos um prazo de 90 dias para inspeções, avaliações, acompanhamento, e, nos casos em que ofereça risco à vida, interrupção e interdição, se necessário, pelo poder público", disse o secretário municipal de Esportes, Carlos Bezerra Jr. (PSDB/SP).

Paralelamente, o Ministério Público de São Paulo resolveu abrir investigação sobre a situação dos alojamentos dos atletas da base. O tema ganhou relevância depois do incêndio que matou dez adolescentes no Ninho do Urubu, Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, na semana passada.

Abaixo, a nota do Palmeiras sobre a mudança no alojamento:

A Sociedade Esportiva Palmeiras recebeu notificação da Prefeitura de São Paulo na tarde da última terça-feira (12) que informava sobre a restrição imediata do uso como alojamento e dormitório das instalações sob responsabilidade do clube. Dessa forma, o Palmeiras decidiu hospedar os atletas das categorias de base em um hotel da capital paulista.

O Departamento de Futebol Profissional também seguirá as instruções dos órgãos pertinentes, com as respectivas orientações técnicas de adequações que vierem a ser solicitadas.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade