PUBLICIDADE

O dia em que o Palmeiras botou o poderoso River na roda

Um gol aqui, outro gol ali e o Verdão arrasou o time argentino por 3 x 0

6 jan 2021 06h06
ver comentários
Publicidade

Foi um passeio. O Palmeiras não deixou o River Plate jogar. Com os 3 x 0, em Buenos Aires, o alviverde só não vai disputar a quinta final da Libertadores na história se acontecer um desastre na próxima terça-feira, em São Paulo.

Rony comemora o primeiro gol do Palmeiras, que goleou o River por 3 x 0
Rony comemora o primeiro gol do Palmeiras, que goleou o River por 3 x 0
Foto: Cesar Greco / Site do Palmeiras

Mas nem o River Plate acredita nesse milagre. O Verdão fez 1 x 0, poderia ter ampliado ainda no primeiro tempo, e acabou matando o jogo logo no comecinho do segundo tempo, com o gol de Luiz Adriano. Os 3 a 0 ficaram barato para o time argentino.

No dia em que o Palmeiras botou o poderoso River Plate na roda, os palmeirenses sentiram o gostinho do bicampeonato na boca. Agora só faltam dois jogos para o Verão coroar a campanha e ser campeão invicto, repetindo o que maior rival Corinthians fez em 2012.

E mais um dado curioso: assim como Jorge Jesus (campeão em 2019 pelo Flamengo), Abel Ferreira chegou nas oitavas de final da Libertadores e parece pronto para repetir a façanha do compatriota português, ora pois pois. Os portugueses estão ajudando na redescoberta do verdadeiro futebol brasileiro.

 

Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
Publicidade
Publicidade