PUBLICIDADE

Marta faz história, e Brasil vence primeira no Mundial

9 jun 2015 - 21h51
(atualizado às 22h03)
Ver comentários

Se enganou quem esperava uma daquelas goleadas marcantes que a Seleção Brasileira de futebol feminino está acostumada a aplicar nas adversárias. As meninas do Brasil não tiveram a facilidade esperada nesta terça-feira, na estreia do Mundial da modalidade, mas souberam controlar a partida para vencer com tranquilidade a Coreia do Sul por 2 a 0 no Canadá. As experientes Formiga e Marta marcaram os gols e continuam fazendo história com a camisa amarelinha. Confira todos os detalhes da partida aqui.

Com o gol, Marta se tornou a maior artilheira da história da Copa do Mundo, tendo, agora, 15 gols em quatro edições disputadas. Ela ultrapassou a alemã já aposentada Birgit Prinz, que balançou as redes 14 vezes. E os números impressionantes de Marta não param por aí. Defendendo a Seleção Brasileira, a camisa 10, que já foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo, marcou 92 vezes em 93 partidas. Correndo por fora está a americana Abby Wambach, que já fez 13 gols e é a estrela do time americano.

Formiga comemora 20 anos com a camisa da Seleção Brasileira
Formiga comemora 20 anos com a camisa da Seleção Brasileira
Foto: Stuart Franklin / Getty Images

Já Formiga, além de marcar o primeiro gol da Seleção, chega a impressionante marca de seis Mundiais no currículo. Com 37 anos, ela é, junto com a japonesa Homare Sawa, a recordista em participações em Copas do Mundo. Assim, ela completa nesta temporada a marca de 20 anos vestindo a camisa amarela e, por isso, utiliza esse número em suas costas nesta edição do torneio.

A vitória garante ao Brasil os três primeiros pontos e a liderança do Grupo E, deixando para trás Espanha e Costa Rica, que empataram mais cedo por 1 a 1, e a própria Coreia do Sul, que ainda não pontuou. Na próxima rodada, a Seleção enfrenta as europeias, sábado, às 17h, enquanto as asiáticas enfrentam o país da américa central, no mesmo dia, mas às 20h.

Formiga abriu o placar para Seleção Brasileira no Canadá
Formiga abriu o placar para Seleção Brasileira no Canadá
Foto: Stuart Franklin / Getty Images

No Estádio Olímpico de Montreal, as meninas comandadas por Vadão entraram em campo como favoritas e até conseguiram provar por que, mas isso não significou uma partida fácil. Apesar de mais posse de bola na etapa inicial, 60% a 40%, as brasileiras tiveram dificuldade para furar o sistema defensivo das sul-coreanas e só abriram o placar em uma falha grotesca da zagueira asiática, que recuou errado e deu de bandeja para Formiga abrir o placar.

Com o sistema de jogo adversário já na cabeça, Vadão soube aconselhar suas jogadoras no intervalo e viu uma blitz nos dez primeiros minutos da etapa final dar resultado. Após duas boas jogadas de Cristiane e Tamires, a Seleção conseguiu ampliar em um pênalti mal marcado pela arbitragem. Formiga invadiu a área e consegui cavar uma infração em cima de Cho. Marta, que não tinha nada a ver com isso, colocou a bola no canto com categoria e fechou o placar para o Brasil.

GOLS

Brasil 1 x 0 Coreia do Sul - 32min do primeiro tempo
Cristiane tentou passar pelo meio em jogada individual, mas estava bem marcada. A bola sobrou com Kim Doyeon, que recuou fraco para a goleira. Formiga se antecipou e tocou na saída de Kim para abrir o placar

Brasil 2 x 0 Coreia do Sul - 8min do segundo tempo 
Com muita categoria, Marta só tocou no canto direito de Kim e ampliou em cobrança de pênalti mal marcado pela arbitragrm.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade