0

Líder novamente, Roger valoriza chance de decidir em casa

17 mai 2018
01h27
atualizado às 07h56
  • separator
  • comentários

Pelo segundo ano consecutivo, Roger Machado encerrou a primeira fase da Copa Libertadores com a melhor campanha. Após a vitória palmeirense por 3 a 1 sobre o Junior Barranquilla, alcançada na noite desta quarta-feira, o ex-técnico do Atlético-MG valorizou a chance de decidir em casa nas etapas eliminatórias.

O triunfo sobre a equipe colombiana no Allianz Parque deixou o Palmeiras com 16 pontos ganhos, o que proporciona ao clube a possibilidade de disputar a segunda partida do mata-mata na condição de mandante até uma eventual decisão do torneio continental.

"A vantagem de jogar diante do nosso torcedor é sempre relevante", disse o treinador, despreocupado com a classificação do Boca Juniors, que ultrapassou o Junior Barranquilla. "Os clubes tradicionais do futebol sul-americano estão avançando. Há risco de bater com esse times, mas faz parte", analisou.

Em 2017, o Atlético-MG, então comandado por Roger Machado, terminou com 13 pontos e 11 gols de saldo em uma chave com Godoy Cruz, Libertad e Sport Boys. Nas oitavas de final, porém, o time mineiro acabou eliminado precocemente pelo boliviano Jorge Wilstermann.

"No ano passado, a fase de grupos também foi muito boa. A diferença agora é que a competição para e só volta depois da Copa do Mundo, mas é sempre bom fazer o maior número de pontos possíveis. Você se fortalece e mostra aos concorrentes que evoluiu no torneio", declarou.

O sorteio dos confrontos pelas oitavas de final da Copa Libertadores está marcado para o dia 4 de junho, na sede da Conmebol - os jogos serão disputados de 8 a 29 de agosto, depois da Copa do Mundo. Pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, às 21 horas (de Brasília) de sábado, o Palmeiras enfrenta o Bahia, no Allianz Parque.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade