0

Inter bate o Tolima e vai à fase de grupos da Libertadores

26 fev 2020
23h32
atualizado às 23h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Internacional está na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o Colorado recebeu o Tolima no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pelo jogo de volta da terceira fase, e venceu por 1 a 0. Com o 0 a 0 da partida de ida, os gaúchos garantiram a classificação. Guerrero desencantou e marcou o gol decisivo após um mês sem balançar as redes.

A noite também foi particularmente marcante para D’Alessandro. Expulso na segunda etapa, o camisa 10 chegou a 86 partidas disputadas pelo torneio continental, isolando-se como o argentino com mais jogos pela competição. Ele ultrapassou Agustín Orión, ex-goleiro de Estudiantes, San Lorenzo, Boca Juniors e Racing.

Agora, os comandados de Eduardo Coudet entram no Grupo E da Libertadores, junto com Grêmio, América de Cali-COL e Universidad Católica-CHI. A estreia do Inter na fase de grupos está marcada para a próxima terça-feira (3), às 19h15 (de Brasília), em duelo contra os chilenos. Antes disso, o Internacional entra em campo no sábado (29), às 19h, para encarar o Caxias, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Guerrero marcou o gol da vitória colorada.
Guerrero marcou o gol da vitória colorada.
Foto: Rodrigo Ziebell / Frame Photo / Estadão Conteúdo

O jogo

Jogando com o apoio de sua torcida, o Internacional ameaçou o adversário logo no primeiro minuto da partida. Guerrero recebeu fora da área e arriscou a finalização, mas Montero se esticou todo para evitar o gol. O lance foi um dos poucos que levaram perigo na etapa inicial.

Assim como no jogo de ida, a equipe gaúcha dominava a posse de bola, mas com muitos toques de lado e dificuldade na criação de jogadas. Tentando dar mais agressividade ao time, Coudet colocou Marcos Guilherme no lugar de Lindoso. Pelo lado do Tolima, Rodríguez e Estupiñán chutaram bem, porém Lomba apareceu bem para salvar o Colorado.

Aos 48 minutos, quando parecia que o empate persistiria até o intervalo, os brasileiros tiraram o zero do marcador. Marcos Guilherme passou para D’Alessandro, que driblou Banguero e soltou para Paolo Guerrero, que empurrou para o fundo das redes, colocando os donos da casa em vantagem.

Na segunda etapa, D’Alessandro criou um problema para o Internacional. Aos 16 minutos, camisa 10 deu uma entrada em Robles e levou o segundo cartão amarelo, deixando a equipe brasileira em desvantagem numérica. Os gaúchos tiveram dificuldade, mas conseguiram se segurar e garantiram a classificação para a fase de grupos.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 0 TOLIMA (COL)

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data: 26 de fevereiro, quarta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Ricardo Baren (EQU)

Público: 35.117 pagantes

Renda: R$ 1.452.590,00

Cartões amarelos: D’Alessandro, Rodinei, Marcos Guilherme (Internacional); Quiñones, Banguero (Tolima)

Cartão vermelho: D’Alessandro (Internacional)

Gol: Paolo Guerrero, aos 48 minutos do primeiro tempo (Internacional)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei (Rodrigo Moledo), Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Uendel; Musto, Edenílson, Rodrigo Lindoso (Marcos Guilherme) e Boschilia (Johnny); Paolo Guerrero e D’Alessandro. Técnico: Eduardo Coudet

TOLIMA: Montero; Castrillón, Quiñones, Moya e Banguero; Robles, Gordillo, Estupiñán (Miranda), Campaz e Ríos (Albornoz); Rodríguez (Jorge Ramos). Técnico: Hernán Torres

Veja também:

A classificação dos técnicos da Série A em 2020

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade