PUBLICIDADE

Libertadores

Conmebol convoca reunião urgente com CBF, AFA, Flu e Boca para tratar dos episódios de violência

Episódios de violência dias antes da final da Libertadores chamam a atenção da entidade. Caso persista, decisão sem público não é descartada.

3 nov 2023 - 10h31
(atualizado às 13h56)
Compartilhar
Exibir comentários
Festa e confusão: torcedores do Boca invadem o RJ:

A Conmebol convocou uma reunião urgente com dirigentes da CBF, AFA, Fluminense e Boca Juniors para tratar dos episódios de violência entre torcedores do Fluminense e do Boca Juniors, que aconteceram no dia de ontem. Os confrontos, que aconteceram na Praia de Copacabana e na Lapa, preocupou a entidade, que preza pelo fim.

Conmebol convocará reunião para tratar da violência entre torcidas de Flu e Boca no Rio
Conmebol convocará reunião para tratar da violência entre torcidas de Flu e Boca no Rio
Foto: Wagner Meier/Getty Images / Esporte News Mundo

A final no Maracanã está mantida, não tendo, até o momento, possibilidades de ser transferida para outro lugar, como ocorreu em 2018, quando Boca Juniors e River Plate disputaram a final no Santiago Bernabéu. Entretanto, caso os episódios de violência persistam, a Conmebol não descarta realizar a decisão com portões fechados.

A reunião, que acontecerá na Barra da Tijuca, às 11h30. não contará com a presença de autoridades. A Conmebol quer envolver os clubes e as respectivas confederações nesse pedido pelo fim da violência entre os torcedores. O presidente da entidade, Alejandro Domínguez, está em contato constante com o Governador do Rio, Claudio Castro, e o Ministro da Justiça, Flavio Dino.

No lado Xeneize, o sentimento é de insatisfação com a segurança de seus torcedores e o comportamento da Polícia Militar do Rio com eles.

Boca Juniors e Fluminense se enfrentam às 17h (de Brasília), na final única da Conmebol Libertadores, no Maracanã. Em caso de empate no tempo normal, haverá prorrogação e, se continuar a igualdade, disputa de pênaltis.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade