PUBLICIDADE

Messi desencanta com golaço, PSG vence e se vinga do City

28 set 2021 18h11
| atualizado às 18h54
ver comentários
Publicidade

No duelo mais aguardado da segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Paris Saint-Germain venceu o Manchester City por 2 a 0 nesta terça-feira, no Parque dos Príncipes. Gana Gueye, no início da partida, e Lionel Messi, com um golaço no segundo tempo, marcaram os tentos do time francês, que conquistou sua primeira vitória nesta edição do torneio.

Foto: Gonzalo Fuentes / Reuters

Com o resultado, o PSG se vinga das últimas eliminações vividas diante do time de Manchester. Na última Champions, caiu na semifinal perdendo as duas partidas, naquela que foi a melhor campanha até o momento da equipe francesa no maior torneio de clubes do mundo. Em 2016, outra queda: dessa vez, nas quartas de final.

Apesar do resultado, a equipe inglesa criou boas chances. No entanto, os comandados de Pep Guardiola pararam nas defesas de Donnarumma, que fez seu primeiro jogo pela Liga dos Campeões, e no travessão. Na melhor oportunidade dos visitantes, Bernardo Silva acertou o poste em chute quase em cima da linha.

Com o triunfo, o PSG subiu para a liderança do Grupo A, com quatro pontos. O City, por sua vez, segue com três pontos, mas na terceira colocação.

Os dois clubes voltam a atuar pela Liga dos Campeões no dia 19 de outubro. Enquanto os franceses recebem o RB Leipzig, da Alemanha, os ingleses visitam o Club Brugge, da Bélgica. Antes disso, os dois tem compromissos pelos campeonatos nacionais.

Foto: Gonzalo Fuentes / Reuters

O jogo - Paris Saint-Germain e Manchester City fizeram um confronto movimentando desde o começo. Logo aos sete minutos, Mbappé recebeu pela direita dentro da área e cruzou rasteiro para o meio da área. Neymar furou, Mahrez não conseguiu cortar e e Gueye ficou com a sobra, acertando uma bomba no ângulo esquerdo de Ederson para abrir o placar.

Atrás no marcador, o time inglês se lançou ao ataque. Na melhor oportunidade, De Bruyne acertou lindo cruzamento de trivela para Sterling, que cabeceou no travessão. No rebote, Bernardo Silva, livre quase na linha do gol, mandou novamente no travessão.

Donnarumma também foi importante para segurar a pressão do City. Ainda no primeiro tempo, o goleiro italiano fez boas defesas em arremates de Mahrez, João Cancelo, Bernardo Silva e De Bruyne. A melhor delas, no entanto, foi em cabeçada de Rúben Dias.

Foto: Gonzalo Fuentes / Reuters

O PSG, por outro lado, pouco ameaçou. Neymar arriscou de fora da área com a canhota, mas mandou por cima. Já Herrera finalizou forte da entrada da área, mas Ederson espalmou.

A segunda etapa foi no mesmo ritmo. O Manchester City pressionou muito nos primeiros minutos, levando perigo com Sterling, que tirou tinta da trave esquerda dos donos da casa, e De Bruyne, que parou em defesa com os pés de Donnarumma.

O time de Mauricio Pochettino respondeu com Neymar, que recebeu de Hakimi pela direita, invadiu a área e, desequilibrado, chutou na rede pelo lado de fora.

Não foi só Donnarumma que brilhou na defesa do PSG. O brasileiro Marquinhos também teve grande atuação afastado pelo menos três bolas perigosas do City.

Foto: Gonzalo Fuentes / Reuters

Aos 28 minutos, Lionel Messi apareceu pela primeira vez e decidiu a partida. O craque argentino recebeu pela direita, arrancou em direção ao meio, tabelou com Mbappé e, na entrada da área, finalizou de esquerda no ângulo de Ederson para marcar um golaço. O tento foi o primeiro do camisa 30 pelo Paris Saint-Germain.

Apesar da desvantagem, o Manchester City seguiu pressionando na reta final do jogo, mas em vão. Donnarumma e a defesa do PSG seguraram o ataque inglês, e o duelo terminou em vitória francesa por 2 a 0.

Leipzig leva virada do Brugge

A Liga dos Campeões não começou da forma que o RB Leipzig gostaria. Depois da derrota para o Manchester City na primeira rodada, a equipe alemã foi derrotada em casa pelo Club Brugge nesta terça-feira. Os belgas venceram o jogo por 2 a 1, com gols de Vanaken e Rits, enquanto Nkunku marcou para os anfitriões. Com o resultado, o Leipzig é o lanterna do Grupo A, enquanto o Brugge é vice-líder, com quatro pontos.

Em casa, o RB Leipzig começou o jogo a todo vapor e abriu o placar logo aos cinco minutos. Forsberg roubou uma bola no meio-campo, avançou e tocou para Nkunku, que completou livre para o fundo do gol. Dez minutos depois, quem assustou o goleiro Mignolet foi Mukiele, que soltou uma bomba de fora da área, raspando o travessão dos belgas.

No entanto, logo na primeira chegada de perigo do Club Brugge, a equipe belga marcou um gol. Ketelaere recebeu bola na frente, cruzou para a área e achou Vanaken, que chutou de primeira para estufar as redes e deixar tudo igual. A virada veio ainda na primeira etapa. Aos 41', Mata levantou na área, Vanaken escorou para Rits, que emendou para o gol.

O RB Leipzig voltou em busca do empate no segundo e levou perigo em várias oportunidades nos últimos 45 minutos, mas em vão. A chance mais importante veio já aos 44', quando André Silva recebeu dentro da área, cortou a marcação, mas parou na grande defesa de Mignolet. Na próxima rodada, os belgas pegam o Manchester City, enquanto os alemães encaram o PSG.

Com informações do Lance!.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade