PUBLICIDADE

Liga dos Campeões

Champions League: Haaland leva Manchester City à vitória; PSG atropela Milan

Norueguês vai às redes duas vezes na Suíça e mantém 100% para comandados de Pep Guardiola

25 out 2023 - 18h29
(atualizado às 18h29)
Compartilhar
Exibir comentários

O Manchester City continuou com 100% de aproveitamento na Champions League ao derrotar o Young Boys, no Stade de Suisse, em Berna, na Suíça, por 3 a 1, pela terceira rodada, com dois gols do artilheiro Haaland. Ainda nesta quarta-feira, o Paris Saint-Germain derrotou o Milan por 3 a 0, no Parque dos Príncipes, e deixou o time italiano em situação delicada dentro do Grupo F.

Com a terceira vitória em três jogos no torneio, o Manchester City se isolou na liderança do Grupo G, com nove pontos, três a menos do que o RB Leipzig, que venceu o Estrela Vermelha por 3 a 1. O Young Boys é o terceiro, com um, à frente do time austríaco.

O Young Boys vendeu caro a derrota para o Manchester City. O time mandante fez um grande primeiro tempo defensivamente e teve oportunidade de largar à frente do marcador, como na tentativa de Lauper, aos 36 minutos. Aké cortou na hora H.

Do outro lado, o Manchester City teve o domínio da partida, mas não conseguiu transformar a superioridade em gol, muito por erros de Haaland, ou até mesmo pela boa atuação do goleiro Racioppi, que fez defesas importantes para levar o 0 a 0 para o intervalo.

O segundo tempo foi diferente. O City foi eficiente e abriu o placar logo no primeiro minuto. Akanji pegou o rebote, após defesa de Racioppi, e estufou as redes. Mas o Young Boys queria atrapalhar os planos dos ingleses. Elia apareceu na frente de Ederson e deu uma "cavadinha" para superar o brasileiro.

O time da casa cresceu após o gol, pressionou o City, mas acabou castigado. Camara fez pênalti em cima de Rodri. Haaland foi para a bola e marcou o seu primeiro gol na atual edição da Champions League, aos 20. A equipe visitante chegou a marcar mais um, aos 28, com Julián Álvarez, mas a arbitragem pegou toque de mão de Grealish e anulou o lance.

Em vantagem, o City ficou mais confortável na partida e viu o adversário perder fôlego no fim. Aos 40, Haaland recebeu dentro da área, cortou para o pé direito e mandou no ângulo de Racioppi para decretar a vitória.

PSG atropela Milan e complica italianos

Em um dos jogos mais aguardados da rodada, o PSG derrotou o Milan por 3 a 0, no Parque dos Príncipes e deixou o rival em situação delicada dentro do Grupo F. O resultado só não foi tão ruim, pois o Borussia Dortmund venceu o Newcastle, na Inglaterra, por 1 a 0, e acirrou ainda mais a briga pela classificação.

A vitória, a segunda no torneio, levou o PSG aos seis pontos, na primeira posição. O Dortmund saiu da lanterna e pulou para o segundo lugar com quatro, mesma pontuação do Newcastle. Ainda sem vencer, o Milan tem dois.

O primeiro tempo foi muito equilibrado, mas prevaleceu o talento de Mbappé. Aos 31 minutos, o atacante recebeu de Zaire-Emery na entrada da área, costurou a marcação, cortou para o meio e finalizou rasteiro para fazer um bonito gol. Atrás do placar, o Milan teve que sair para o jogo e pagou o "pato".

Logo no início do segundo tempo, Dembélé teve um gol anulado. O PSG, então, foi ampliar aos seis. Após nova tentativa do francês, Maignan defendeu e jogou a bola nos pés de Colo Muani, que só completou para o gol.

Com 62% de posse de bola, o PSG controlou o jogo diante do Milan que viveu de lampejos de seu setor ofensivo. O time francês ainda fez o terceiro aos 43. Gonçalo Ramos fez o corta-luz, após passe de Zaire-Emery, a bola chegou em Lee, que fechou a conta.

Outros resultados da Champions League

Ainda nesta quarta-feira, Celtic e Atlético de Madrid empataram por 2 a 2, na Escócia. Com isso, o time espanhol ficou em segundo lugar do Grupo E, com cinco pontos, um atrás do Feyenoord, atual líder. A Lazio tem quatro, contra apenas um do time escocês.

Já o Porto derrotou o Royal Antwerp, da Bélgica, por 4 a 1, com três gols do brasileiro Evanilson, ex-Fluminense. O time português é o segundo do Grupo H, com seis pontos, atrás apenas do Barcelona, com nove. O Shakhtar tem três, enquanto o Royal Antwerp ainda não pontuou.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade