PUBLICIDADE

Inter vira na prorrogação com dois gols de Perisic e bate a Juventus na final da Copa da Itália

11 mai 2022 18h38
ver comentários
Publicidade

A Inter de Milão é campeã da Copa da Itália. Nesta quarta-feira, em um jogo muito disputado, a equipe saiu na frente diante da Juventus, mas viu os rivais buscarem a virada. Já no fim do jogo, o time nerrazzurri buscou o empate e, na prorrogação, virou e confirmou a vitória por 4 a 2, garantindo, assim, o título da copa nacional.

Agora, os times voltam a focar no Campeonato Italiano. Ainda postulante ao título, a Inter encara o Cagliari fora de casa neste domingo, às 15h45 (de Brasília). No mesmo horário, mas na segunda-feira, a Juve recebe a Lazio.

Danilo, convocado pela Seleção Brasileira nesta quarta-feira para os amistosos contra Coreia do Sul e Japão, foi substituído ainda no primeiro tempo por Morata por causa de problemas físicos.

O jogo

A Inter de Milão precisou de apenas seis minutos para abrir o placar em Roma. Barella recebeu pela esquerda, levou para o meio e bateu no ângulo, marcando um golaço para colocar o time nerrazzurri em vantagem.

Daí em diante coube à equipe comandada por Simone Inzaghi frear a forte pressão da Juventus no primeiro tempo, muito graças ao bom trabalho do goleiro Handanovic, para ir para o intervalo à frente no placar.

Segundo tempo

Se a Inter precisou de poucos minutos para marcar no primeiro tempo, o mesmo aconteceu com a Juve na etapa complementar. Alex Sandro deixou tudo igual aos quatro minutos, aproveitando sobra da jogada de Dybala para chutar de primeira, na entrada da área, e contar com o desvio da defesa da Inter de Milão antes de ver a bola morrer no fundo das redes.

Mal deu tempo de a Inter de Milão assimilar o primeiro gol da Juventus e já veio o segundo. Aos seis minutos, Dybala invadiu a área e bateu com veneno, obrigando Handanovic a fazer ótima defesa. Mas, no rebote, Vlahovic não perdoou, virando o jogo no Estádio Olímpico de Roma.

Mas, já na reta final da partida, quando a torcida da Juve já se preparava para comemorar mais um título da Copa da Itália, Çalhanoglu jogou um balde de água fria nos bianconeri. Lautaro Martínez foi derrubado na pequena área, e a arbitragem não titubeou ao marcar a penalidade. O meio-campista turco bateu e não desperdiçou, deixando tudo igual novamente e forçando a prorrogação.

Prorrogação

Aos seis minutos da prorrogação, De Ligt derrubou De Vrij dentro da área da Juve e o VAR chamou o juiz para analisar o lance. Após a revisão, o árbitro assinalou mais um pênalti para a Inter e, na cobrança, Perisic deslocou o goleiro Perin e virou o jogo mais uma vez.

Na sequência, Perisic foi heroi e marcou novamente. Após contra-ataque, o croata bateu cruzado da entrada da área e acertou um belo chute para encaminhar o título.

Assim, a Juventus tentou reagir e, em meio a um jogo tenso, viu seu treinador, Massimiliano Alegri, ser expulso. Durante o segundo tempo, o time bianconeri pressionou, enquanto a Inter administrou o resultado e explorou contra-ataques para tentar matar de vez o duelo.

O time de Turim, no entanto, não conseguiu buscar o resultado e, dessa forma, a Inter de Milão confirmou sua oitava Copa da Itália.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade