PUBLICIDADE

Inter de Milão trabalha na rescisão contratual de Arturo Vidal

Meio-campista chileno chegou ao clube italiano na última temporada, mas alto salário e baixo aproveitamento são vistos como problemas por dirigentes

21 jul 2021 09h20
| atualizado às 09h20
ver comentários
Publicidade

A Inter de Milão trabalha nos bastidores pela rescisão contratual de Arturo Vidal, segundo o "La Gazzetta dello Sport". O principal problema para a permanência do chileno é o salário de 6,5 milhões de euros (R$ 40 milhões) por temporada.

Sem Conte, Vidal está mais próximo de uma saída da Inter de Milão (Foto: VINCENZO PINTO / AFP)
Sem Conte, Vidal está mais próximo de uma saída da Inter de Milão (Foto: VINCENZO PINTO / AFP)
Foto: Lance!

O atleta tem mais um ano de contrato com o clube italiano, além da opção de estender o vínculo até 2023. No entanto, o meia não teve um bom aproveitamento na última campanha da equipe com apenas 23 partidas disputadas no Campeonato Italiano, sendo que a maioria iniciando no banco de reservas.

Por conta da saída de Antonio Conte, um dos principais entusiastas da contratação do veterano, o espaço para Vidal se reduz sob a batuta de Simone Inzaghi, novo comandante do time. Com isso, o atleta deve seguir os passos de João Mário e Nainggolan.

Embora ainda não seja oficial, a possibilidade pode reativar o sonho de algumas equipes da América do Sul em contar com o meio-campista. O Flamengo já foi ligado ao jogador em outras janelas e pode buscar um acordo caso o veterano esteja livre.

Lance!
Publicidade
Publicidade