PUBLICIDADE

Sem CR7, United é goleado pelo Liverpool com show de Salah

Com o resultado, o Liverpool assume momentaneamente a liderança, com 76 pontos, dois a mais que o Manchester City

19 abr 2022 18h01
| atualizado às 18h25
ver comentários
Publicidade

Nesta terça-feira, Liverpool e Manchester United se enfrentaram no clássico válido pela 30ª rodada do Campeonato Inglês. Em Anfield, o time de Jurgen Klopp goleou por 4 a 0, com dois gols de Mohamed Salah, um de Sadio Mané e outro de Luis Díaz. Vale lembrar que Cristiano Ronaldo não esteve em campo, devido ao falecimento de um de seus gêmeos.

Com o resultado, os Reds assumem momentaneamente a liderança, com 76 pontos, dois a mais que o Manchester City, que nesta quarta-feira recebe o Brighton. Já os Red Devils ficam na sexta posição, com 54, três a menos que o Tottenham, quarto colocado.

Na próxima rodada, o Liverpool terá mais um clássico, desta vez contra o Everton, no domingo, às 12h30 (de Brasília). O Manchester United, por sua vez, visita o Arsenal, no sábado, às 08h30 (de Brasília).

O jogo - No primeiro tempo, os donos da casa abriram o placar logo aos quatro minutos. Em contra-ataque, Mané lançou Salah em profundidade e o egípcio passou rasteiro para Luis Díaz completar para o fundo das redes.

No sétimo minuto, os torcedores presentes em Anfield realizaram um ato de apoio a Cristiano Ronaldo. Aplausos e cantos de "You'll Never Walk Alone (Você nunca andará sozinho)", típica música da torcida do Liverpool, foram entoados.

Sem CR7, United é goleado pelo Liverpool com show de Salah
Sem CR7, United é goleado pelo Liverpool com show de Salah
Foto: Phil Noble / Reuters

Aos 21, o time de Jurgen Klopp chegou ao segundo gol. Após rápida troca de passes, Mané acionou Salah, que tocou na saída de De Gea para dentro da meta.

Aos 34, o Liverpool teve um gol anulado. Após recuperar a bola no campo de ataque, Fabinho driblou dois marcadores e chutou para Luis Díaz, em impedimento, marcar.

Segundo tempo

A segunda etapa começou mais equilibrada. O Manchester United tirou um de seus três zagueiros, Phil Jones, para colocar o atacante Jadon Sancho na tentativa de buscar o placar.

Porém, o Liverpool ampliou o placar aos 22 minutos. Luis Díaz arrancou pela esquerda e cruzou para Sadio Mané marcar o terceiro.

Aos 39, veio o quarto dos donos da casa. Diogo Jota ficou com a bola após recuperação na intermediária e acionou Salah, que infiltrou na defesa em diagonal e tocou por cobertura para dentro do gol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade