PUBLICIDADE

Ex-Grêmio marca e Monaco vence Rennes pelo Francês

15 abr 2022 18h37
ver comentários
Publicidade

Em duelo entre o terceiro e o sexto colocados, o Rennes acabou surpreendido em seus domínios e foi derrotado pelo Monaco por 3 a 2, em partida válida pela 32º rodada do Campeonato Francês. Os donos da casa buscavam a vice-liderança, e os visitantes queriam o quarto lugar e a zona de classificação da Liga Europa, além de ficar apenas a três pontos do adversário alvinegro.

A importante vitória coloca o Monaco também na briga por vaga na Liga dos Campeões. Faltando mais seis rodadas, o clube está a seis pontos do vice-líder Olympique de Marseille e ainda enfrenta times da parte de baixo da tabela.

O destaque da partida foi para o brasileiro Vanderson, ex-Grêmio, que marcou o primeiro dos visitantes e deu a assistência para o terceiro. Além de contribuir com jogadas e na parte tática defensivamente também, mesmo jogando mais avançado.

A próxima partida do Monaco é contra o Nice, na próxima quarta-feira (20), em casa, às 14h (horário de Brasília). Já o Rennes, que se manteve na terceira colocação, enfrenta o Strasburg, também na quarta, às 16h, fora de casa.

Times animados após o intervalo

No segundo tempo, as equipes voltaram mais focadas e a partida melhorou. Logo aos 12 minutos, de novo, o time treinado por Philippe Clement virou a partida. A principal referência no ataque, Ben Yedder finalizou com o pé direito, no meio da área, para vencer o goleiro alemão e colocar os visitantes na frente. Seis minutos mais tarde, Golovin teve a oportunidade de  ampliar, mas desperdiçou.

Aos 27 minutos, Clement mexeu na equipe. Saiu o camisa 10, Ben Yedder, e entrou o 9, Myron Boadu. O holandês precisou de apenas cinco minutos para ampliar o placar. Vanderson fez bela jogada e passou para o centroavante só empurrar para as redes.

Com dois gols de vantagem, o treinador mexeu novamente na equipe, desta vez para segurar o resultado. Já Bruno Génésio, técnico do Rennes, mexeu no time para buscar o empate. Mas já era tarde. O Monaco dominou as ações e ainda teve a chance de marcar mais um, com Boadu, que chutou, quase da pequena área, para cima do gol.

Já nos acréscimos, Sofiane Diop derrubou  Adrien Truffert dentro da área. Pêntalti para o Rennes. Martin Terrier foi para a cobrança e diminuiu. Fim de jogo, 3 a 2 para o Monaco.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade