PUBLICIDADE

França empata com Suíça e avança às oitavas com 1º lugar

19 jun 2016 18h01
| atualizado às 20h29
ver comentários
Publicidade
Foto: Getty Images

Pela última rodada do Grupo A, França e Suíça se enfrentaram e não saíram do 0 a 0. Em partida realizada no estádio Pierre Maurroy, em Lille, os donos da casa optaram por colocar alguns jogadores que não haviam entrado como titular nos outros jogos, criaram boas jogadas, mas não conseguiram reverter a igualdade.

Após uma primeira etapa muito truncada, na qual os franceses só estiveram perto de balançar as redes com os potentes chutes de Paul Pogba e o suíços só esboçaram uma tímida pressão no final, o confronto ficou muito movimentado nos 45 minutos finais. Quando uma equipe criava alguma chance, a outra contra-atacava imediatamente. No entanto, os franceses tinham mais qualidade e conseguiam apresentar muito mais perigo, mas não alteraram o placar inicial.

Com o resultado, os Bleus, que entraram em campo já classificados para a próxima fase do torneio, cravaram o primeiro lugar da chave e enfrentam o melhor terceiro colocado do Grupo C, D, ou E. Já a Nati, perderam a única chance de assumiram o primeiro lugar, mas também avançam e encaram o vice-líder do Grupo C.

Foto: Getty Images

Utilizando elenco misto, a França teve dificuldades para criar jogadas e ainda sofreu com um adversário que buscava o resultado desde os minutos iniciais. As boas chances do país-sede saíram somente dos pés de Paul Pobga. Aos 11 minutos, o camisa 15 chutou da meia-lua, após driblar um marcador. O goleiro se atrapalhou, mas com uma ajuda do travessão, que mandou a bola para fora. Aos 17, o craque recebeu no meio-campo, continuou avançando com a bola e resolveu emendar de perna esquerda da intermediária; a bola explodiu no travessão e foi para fora.

A resposta suíça só veio aos 28 minutos, quando Embolo recebeu dentro da área e chutou em cima da zaga. A oportunidade deu moral aos suíços, que passaram a trocar mais passes, a emendar boas jogadas pelo lado direito, com Lichtsteiner, mas não conseguiram apresentar um problema real para o goleiro Lloris. Desta forma, a primeira etapa terminou como começou: sem gols.

A seleção da Suíça voltou para a segunda etapa embalada pelos minutos finais do primeiro tempo. Logo de cara, tentou puxar um bom ataque com Shaqiri, que acabou sendo desarmado por Cabaye. Aos 5 minutos, conseguiu trabalhar uma boa tabela, mas Ricardo Rodríguez errou cruzamento.

Depois desta série de investidas, foi a vez dos donos da casa movimentarem o duelo. Sissoko deu uma boa arrancada aos sete minutos, tocou para Gignac, que clareou, mas bateu fraco, nas mãos do goleiro. No contra-ataque, Lichetsteiner recebeu livre na direita e acabou errando o cruzamento. Aos 11 minutos. Griezmann e Gignac esbanjaram habilidade, o primeiro tocou para o segundo, que devolveu na media. O camisa sete chutou uma bomba no meio do gol e Sommer conseguiu mandar para escanteio.

Com os minutos finais se aproximando, a Suíça começou a mostrar sinais de desespero, passou a tentar muitas lançamentos e ligações diretas, mas sem sucesso.

Payaet em campo - o talismã francês desta Euro entrou aos 17 minutos do segundo tempo, no lugar de Kingsley Coman. Tendo anotado gols nos acréscimos nas duas primeiras partidas da competição, o camisa 8 já chegou desequilibrando para o lado dos "mandantes". Após bela jogada e cruzamento na medida de Sissoko pela direita, aos 29 minutos, o meia emendou de primeira e carimbou a trave esquerda de Sommer.

FICHA TÉCNICA

SUÍÇA X FRANÇA

Local: Estádio Pierre Mauroy, em Lille (França)

Data: 19 de junho de 2016 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)

Assistentes: Jure Praprotnik (Eslovênia) e Robert Vukan (Eslovênia)

Público: 

Renda:

Gol:

Cartões amarelos: Adil Rami (França)

SUÍÇA: Sommer, Lichtsteiner, Schär, Djourou e Rodríguez; Behrami, Xhaka, Dzemaili, Shaqiri (Ferandandes) e Mehmedi; Embolo (Seferovic)

Técnico: Vladimir Petkovic

FRANÇA: Lloris, Sagna, Rami, Koscielny e Evra; Sissoko, Cabaye e Pogba; Coman (Payet), Griezmann (Matuidi) e Gignac

Técnico: Didier Deschamps

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade