PUBLICIDADE

Portugal e Espanha lançam candidatura conjunta para sediar Copa de 2030

4 jun 2021 22h14
| atualizado às 22h14
ver comentários
Publicidade

Portugal e Espanha aproveitaram o amistoso desta sexta entre as duas seleções para lançar uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030. Os presidentes das federações de futebol e as principais autoridades de ambas as nações compareceram à partida e oficializaram a campanha antes da bola rolar.

"Mais do que uma união, é uma fusão, porque o futebol forma o nosso DNA comum, assim como o jeito de ser do nosso povo. Vamos formar uma grande equipe para que todos juntos possamos mostrar os nossos valores. Se nos derem a sua confiança quando vierem aos nossos países, vão encontrar um cenário único. O sucesso de Portugal e da Espanha será também o sucesso da Fifa", declarou Luís Rubiales, mandatário da federação espanhola.

"Poder organizar este Mundial é algo que os dois países merecem muito. Vamos lutar para garantir que o Mundial de 2030 seja na Península Ibérica", acrescentou Fernando Gomes, presidente da federação portuguesa.

Os jogadores das duas seleções também entraram em campo utilizando camisetas com os dizeres "Vamos 2030", em referência à candidatura. A partida, que serve de preparação para a Eurocopa, acabou empatada em 0 a 0.

Com o lançamento, Portugal e Espanha entram na briga com outros candidatos a sediar a Copa de 2030 de forma conjunta que ainda não foram oficializados, como Argentina e Uruguai, na América do Sul, e Inglaterra, Escócia, Irlanda e País de Gales, na Europa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade