3 eventos ao vivo

Espanhóis comparam Di Stéfano a Pelé e decretam luto mundial

7 jul 2014
14h06
atualizado às 14h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Considerado um dos melhores jogadores de futebol da história, o argentino naturalizado espanhol Alfredo Di Stéfano morreu nesta segunda-feira, aos 88 anos</p>
Considerado um dos melhores jogadores de futebol da história, o argentino naturalizado espanhol Alfredo Di Stéfano morreu nesta segunda-feira, aos 88 anos
Foto: Danis Doyle / Getty Images

A morte de Alfredo Di Stefano após parada cardíaca sofrida no sábado ganhou destaque máximo nos jornais da Espanha, onde vivia e teve a parte mais expressiva da carreira. Para os jornais europeus, o ex-jogador conhecido como “La Saeta Rubia” (A Seta Loura) cravou seu nome entre os maiores da história da mesma forma como Pelé e outros, e por isso o mundo do futebol está de luto.

“Uma das maiores lendas do futebol mundial, junto com Pelé, Beckenbauer, Maradona e Cruyff “, disse o Mundo Deportivo. O Marca decretou: “Para sempre Don Alfredo”, enquanto que o El País citou o “alerta vermelho no coração branco”, ressaltando o histórico de problemas cardíacos enfrentado por Di Stéfano. “Converteu seu apelido, A Lenda, em uma desgraçada realidade”, escreveu o jornal.

Alfredo Di Stéfano era argentino, mas jogou também no futebol colombiano antes de ir à Espanha fazer história no Real Madrid. Não chegou a disputar Copas do Mundo, mas defendeu duas seleções: argentina e espanhola. No país sul-americano ele também foi exaltado. “Para muitos foi o maior da história. Para outros esteve à altura dos Maradonas, dos Pelés, dos Cruyffs. Para todos, é um mito”, afirmou o Olé.

“Uma vida de futebol e dribles, de gols e glória”, apontou a publicação, seguida pelo jornal La Razón: “nos livros de história do futebol ficará escrito seu nome como um dos melhores jogadores, que encheu de admiração os olhos de milhões”. O Clarín destacou o fato de a morte ocorrer durante a realização da Copa do Mundo. “Em dias de Mundial, o futebol está de luto”.

Veja também:

Editor do L! analisa duelo quente nos bastidores antes da decisão da Taça Rio
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade