0

Neymar não se reapresenta ao PSG e clube anuncia 'medidas apropriadas'

Pai do jogador afirma que ausência foi motivada por questões envolvendo o Instituto Neymar e o clube foi notificado há um ano

8 jul 2019
15h44
atualizado às 15h47
  • separator
  • 0
  • comentários

Neymar foi a principal ausência na volta às atividades do PSG nesta segunda-feira após as férias da temporada europeia. O clube francês divulgou uma nota lamentando a ausência do atacante, avisando que tomará "medidas apropriadas".

O brasileiro era aguardado em Paris após o encerramento da Copa América, cuja final foi disputada neste domingo, no Rio de Janeiro, conforme acordo que teria sido firmado com o clube francês. Entretanto, o jogador não se apresentou para o início da pré-temporada, que é realizada no Camp des Loges, na cidade de Neuilly-sur-Seine.

A ausência alimenta ainda mais os rumores sobre um possível retorno do astro ao Barcelona. Na última semana, o Josep Maria Bartomeu, presidente da equipe catalã, revelou o desejo de recontrar Neymar, mas disse que o PSG não quer negociar.

Já os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos, que atuaram pela seleção brasileira na vitória de 3 a 1 sobre o Peru no Maracanã, devem ganhar alguns dias de folga. Neymar, que acabou sendo cortado do torneio sul-americano devido a uma lesão no tornozelo, segundo a nota, não se apresentou em lugar e no tempo combinados. "Isto foi feito sem autorização prévia do clube", afirmava o comunicado publicado no site oficial do PSG.

A nota encerrou o texto afirmando que "o clube lamenta esta situação e vai, portanto, tomar as medidas apropriadas".

Em entrevista ao canal Fox Sports, o pai de Neymar negou que os franceses não estivessem a par da ausência do brasileiro nesta segunda-feira. "O motivo é sabido e agendado há um ano com as programações do Instituto (Neymar). A apresentação será no dia 15 (de julho). Sem polêmica. O PSG está informado", afirmou Neymar Pai.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade