PUBLICIDADE

Gigantes europeus se interessam em contratar meia do Leicester

Youri Tielemans é seguido de perto por clubes como o Manchester United

10 fev 2022 - 14h19
Ver comentários
Publicidade

O meio-campista belga Youri Tielemans tem despertado interesse de clubes de algumas das principais ligas da Europa. O jogador de 24 anos do Leicester é um dos destaques da Premier League há algumas temporadas e está na mira dos gigantes do continente desde antes de chegar à Inglaterra.

Tielemans está na mira de alguns dos gigantes da Europa (Foto: MATTHEW CHILDS / POOL / AFP)
Tielemans está na mira de alguns dos gigantes da Europa (Foto: MATTHEW CHILDS / POOL / AFP)
Foto: Lance!

De acordo com o jornal espanhol "AS", o Manchester United é um dos pretendentes, e teria como objetivo contratá-lo na próxima janela de transferência no meio deste ano, aproveitando que o contrato do meia se encerra em 2023. De acordo com fontes próximas à negociação, o Leicester também quer vender o jogador na próxima janela de verão europeia, acreditando ser o melhor a se fazer para todos.

Apesar disso, o destino de Tielemans ainda não é certo. Além do United, há outros três clubes de elite espanhóis interessados em sua contratação. Os nomes ainda não foram confirmados.

O belga se destaca como um meia bastante técnico e de muita movimentação, o que o possibilita de lançar seus companheiros em velocidade pelo ataque. Mas de acordo com fontes do jornal espanhol, o que anima os clubes interessados são suas estatísticas, que o definem como um jogador bastante regular. Tielemans já marcou cinco gols na atual temporada da Premier League, mas quando jogava em seu país de origem, no Anderlecht, chegou a marcar quase 20 gols na temporada 2016/17, aos 20 anos.

Desde que chegou ao Leicester em 2019, por 45 milhões de euros (R$ 270 milhões), Tielemans se tornou peça importante não só na equipe comandada por Brendan Rodgers, como também, na seleção da Bélgica e se encontra em seu nível mais alto.

Segundo fontes ligadas à negociação, Tielemans tem liberdade para decidir o futuro, e em caso de qualquer proposta de um grande clube europeu, o Leicester seria obrigado a vendê-lo. Ainda assim, parece mais provável que o meia fique na Inglaterra, onde mais da metade dos times da elite têm condições financeiras para contratá-lo, diferentemente de outras ligas na Europa.

Lance!
Publicidade
Publicidade