0

Liverpool bate Cardiff e volta a 'roubar' liderança do City

21 abr 2019
13h58
atualizado às 14h15
  • separator
  • comentários

Precisando vencer para voltar à liderança do Campeonato Inglês, o Liverpool foi até Cardiff e fez 2 a 0 sobre os anfitriões. Os gols foram marcados por Wijnaldum e Milner, os dois já no segundo tempo. Com o resultado positivo, os Reds chegam à sexta vitória seguida e somam 88 pontos, dois a mais do que o Manchester City, que venceu ontem o Tottenham e tem um jogo a menos, o que mantém a disputa pelo título pegando fogo.

Foto: Phil Noble / Reuters

Na próxima rodada, o Liverpool recebe o Huddersfield, que segura a lanterna do campeonato. Já o Cardiff visita o Fullham, também já bem perto de confirmar o descenso para a segunda divisão.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Liverpool saiu para o ataque logo no início do jogo, como já era esperado. Tentando principalmente pela direita, o time de Klopp explorava Firmino para chegar à intermediária do Cardiff, mas sem sucesso nos ataques iniciais. Os donos da casa tinham dificuldades para chegar perto da área de Alisson, mas aos 15 minutos tiveram boa chance após cruzamento pela esquerda, que acabou com chute de Hoilett interceptado pela zaga.

Subindo a marcação, o Cardiff dificultou um pouco a saída do Liverpool, mas o time visitante conseguiu um espaço pelo meio que quase abriu o placar. Mané deixou Firmino na cara do gol após passe incrível e o brasileiro tinha tudo para fazer, errando a finalização, que parecia fácil.

O Liverpool continuava martelando para chegar na intermediária adversária e foi só aos 35 minutos que o time chegou de novo com perigo. Entrando na área pela direita, Sala recebeu um passe desviado e, livre, chutou em cima do goleiro Etheridge. Logo em seguida, em contra-ataque, o camisa 11 teve mais uma chance, mas chegando coberto pela zaga e pressionado, não foi capaz de finalizar.

Perto do intervalo, ao 43, foi o Cardiff que ficou muito próximo de inaugurar o placar. Após escanteio, a bola sobrou para rebote do time azul, que só parou graças a um milagre operado por Alisson.

Na volta dos vestiários, mais uma vez o Liverpool ficou no quase, logo nos primeiros minutos. Mané, dentro da área, mas pela esquerda, colocou a bola perto do ângulo.

Depois de tantas chances perdidas, o Liverpool chegou ao gol em grande estilo e com um nome improvável. Em escanteio pela direita, a bola foi baixa para a área, na altura perfeita para Wijnaldum mandar uma bomba de primeira para o fundo da rede de Etheridge.

Com o gol, o Liverpool até viu o Cardiff tetando responder logo em seguida, mas o time levou perigo e viu Henderson errar a pontaria quase dentro da pequena área e de frente para o gol, perdendo a oportunidade de aumentar a vantagem.

Aos 35 minutos, em jogada de Salah pela esquerda, o camisa 11 recebeu dentro da área e tentou se livrar da marcação, que só parou o jogador com um abraço, que foi marcado pelo árbitro como pênalti. Na cobrança, Milner não desperdiçou e aumentou a vantagem. Os minutos finais foram de administração do time visitante, que não viu o Cardiff ameaçar e conseguiu garantir o resultado sem sustos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade