4 eventos ao vivo

Com elenco forte, Liverpool vira máquina de triturar rivais

Time chegou a somar um ano de invencibilidade na Premier League

26 jun 2020
05h12
atualizado às 07h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Liverpool virou um time praticamente imbatível dentro da Inglaterra. Não à toa, garantiu o título na quinta-feira com uma vantagem inalcançável de 23 pontos sobre o vice-líder Manchester City, mesmo com sete jogos restantes, um recorde na história da Premier League. O Liverpool somou incríveis 86 pontos em 31 jogos.

Klopp conversa com os jogadores do Liverpool durante parada técnida
Klopp conversa com os jogadores do Liverpool durante parada técnida
Foto: Shaun Botterill/Pool / Reuters

Se durante 30 anos de jejum no Campeonato Inglês o time viu Manchester United e Arsenal, e depois Chelsea e Manchester City, dominarem a liga nacional, agora a história começa a mudar. As marcas alcançadas pela equipe comandada por Jürgen Klopp são espetaculares. O Liverpool chegou a somar um ano de invencibilidade no Campeonato Inglês. Ao longo da temporada, não foram poucos aqueles que acreditavam que o time poderia até igualar o Arsenal, campeão invicto na temporada 2003-04.

O técnico Jürgen Klopp conseguiu montar um grupo coeso e forte. Mesmo revezando as principais estrelas e promovendo garotos revelados nas categorias de base do clube, o time não diminuiu o ritmo.

O que mais chamou atenção foi o surgimento de novos talentos sem que o time perdesse entrosamento em meio a uma série de lesões. A lista de atletas machucados teve nomes como os zagueiros Joel Matip, Dejan Lovren e Nathaniel Clyne, os meias Naby Keita, Xherdan Shaqiri e Fabinho e o atacante Rhian Brewster, entre outros.

O início de temporada arrasador explica o domínio da equipe. O Liverpool conquistou 61 pontos dos 63 possíveis, algo nunca visto nas cinco principais ligas europeias. Foram 23 vitórias consecutivas em casa. Agora, a meta é superar os 100 pontos que o Manchester City fez na temporada 2017-2018.

Entre os destaques da campanha está o atacante Roberto Firmino. Ele se tornou o brasileiro com mais gols na história do Campeonato Inglês, superando Diego Costa, brasileiro naturalizado espanhol que atuou pelo Chelsea (2014 a 2017). O terceiro colocado na lista de artilheiros é Philippe Coutinho, que marcou 41 vezes em sua passagem pelo Liverpool (2013 a 2017).

Outros jogadores que comandaram a equipe foram o goleiro Alisson, Mohamed Salah, Sadio Mané e Virgil Van Dijk. O feito de Klopp e seus comandados, inclusive, ganhou elogios do proprietário do clube, John William Henry.

"Foi um ano incrível de sucesso excepcional, que atingiu o seu auge com a conquista do título da Premier League", disse o empresário americano, que comprou o Liverpool em 2010. "Essa conquista trouxe alívio e alegria para várias pessoas num ano tão trágico devido à pandemia."

A única mancha no balanço da temporada é a eliminação de março da Liga dos Campeões diante do Atlético de Madrid. O Liverpool é o atual campeão europeu e mundial.

Veja também:

Saiba o que seu clube precisa na última rodada da Taça Rio
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade