PUBLICIDADE

CR7 resume temporada pela Juve: "Não persigo recordes, eles que me perseguem"

24 mai 2021 21h11
| atualizado às 21h11
ver comentários
Publicidade

Em depoimento divulgado em suas redes sociais, Cristiano Ronaldo fez um resumo de sua temporada na Juventus e relembrou todas as conquistas de sua carreira, mostrando estar longe de querer parar.

Nesta temporada, o craque português foi o artilheiro do Campeonato Italiano, com 29 gols, assim como eleito o melhor jogador da competição. Por mais que não tenha conquistado o título, vencido pela Inter, o atleta venceu a Copa da Itália e a Supercopa da Itália pela equipe de Turim.

Confira abaixo a mensagem:

"A carreira de um grande jogador é feita de altos e baixos. Ano após ano, enfrentamos equipes fantásticas e com grandes objetivos, por isso temos de dar o melhor para manter os níveis de excelência. Este ano não conseguimos ganhar a Serie A, vencida pela Inter e de forma merecida. De qualquer forma, tenho de valorizar tudo o que alcançamos nesta temporada, tanto coletiva como individualmente. Taça da Itália, Supertaça e o título de artilheiro e melhor jogador da competição me enchem de felicidade num país onde nada é fácil de ganhar.

Com essas conquistas, alcancei um objetivo que tinha definido desde o primeiro dia em que cheguei à Itália: ganhar todas as competições e também ser o melhor jogador e artilheiro num país com enormes jogadores, e clubes e uma cultura de futebol muito própria.

Eu digo que não persigo recordes, os recordes que me perseguem. Para aqueles que não entendem o que quero dizer com isso, é muito simples: futebol é um jogo coletivo, mas é com o desempenho individual que ajudamos nosso time a conquistar seus objetivos. É sempre buscando por mais e mais no campo e trabalhando mais e mais fora dele que os recordes eventualmente virão e títulos coletivos se tornam inevitáveis, um sendo a consequência natural do outro.

Conquistei o Campeonato Inglês, Espanhol e Italiano. Fui campeão da Copa da Inglaterra, Espanha e Itália. Campeão da Supercopa na Inglaterra, Espanha e Itália. Melhor jogador na Inglaterra, Espanha e Itália. Artilheiro na Inglaterra, Espanha e Itália. Mais de 100 gols por um só clube na Inglaterra, Espanha e Itália.

Nada se compara ao sentimento de que deixei minha marca por onde passei, e de que dei alegria aos torcedores dos clubes pelos quais joguei. É para isso que trabalho, é isso que me move e é isso que perseguirei até o último dos meus dias.

Obrigado a todos que participaram desta temporada. Estamos juntos!"

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade