PUBLICIDADE

Dortmund nega existência de cláusula de rescisão de Haaland

Centroavante possui contrato com o clube aurinegro até 2024, mas possui um acordo verbal para que a equipe alemã facilite a saída do jogador em 2022

2 dez 2021 14h07
| atualizado às 14h40
ver comentários
Publicidade

O Borussia Dortmund, através de Hans-Joachim Watzke, CEO do clube alemão, negou a existência de uma cláusula de rescisão de contrato por Haaland. O dirigente afirmou em um encontro com um grupo de acionistas do vice-líder da Bundesliga que essa prática não é comum na equipe aurinegra.

Haaland está vinculado ao Dortmund até 2024 (Foto: INA FASSBENDER / AFP)
Haaland está vinculado ao Dortmund até 2024 (Foto: INA FASSBENDER / AFP)
Foto: Lance!

- Não posso confirmar uma cláusula de rescisão como essa. Mais de 90% de nossos contratos com jogadores não possuem cláusula de rescisão.

No entanto, o "Sport1" indica que desde o início do acordo entre Haaland e Dortmund, com participação do empresário Mino Raiola, houve um acordo verbal que pudesse facilitar a saída do centroavante norueguês para outro clube em 2022.

Com isso, a única opção para uma transferência de Haaland é negociando com o clube alemão e realizando uma proposta que satisfaça os dirigentes aurinegros. Por outro lado, a equipe da Bundesliga também sonha em manter o atleta na próxima temporada.

Lance!
Publicidade
Publicidade