PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Croácia vence Japão nos pênaltis e vai às quartas de final da Copa contra o Brasil

5 dez 2022 - 15h01
(atualizado às 18h16)
Compartilhar
Exibir comentários

A Croácia está classificada para as quartas de final da Copa do Mundo do Catar. A seleção empatou com o Japão em 1 a 1 nesta segunda-feira, no Estádio Al Janoub, e levou a disputa para os pênaltis. Nas cobranças, venceu e avançou de fase. Perisic foi autor do gol croata e Maeda marcou para os japoneses.

A equipe croata agora terá pela frente o Brasil, que horas depois goleou a Coreia do Sul por 4 a 1.

A Croácia se classificou após terminar na segunda posição do grupo F, com cinco somados. O time estreou na Copa empatando com Marrocos, em 0 a 0, no entanto, na segunda rodada bateu o Canadá por 4 a 1. Os croatas cravaram vaga nas oitavas após arrancar um empate com a Bélgica em 0 a 0.

Para a partida desta segunda, o técnico promoveu duas alterações: Bruno Petkovic e Barisic começaram como titulares. Vale lembrar que Lovren e Modric estão pendurados.

O Japão, por sua vez, que nunca avançou às quartas de final da Copa, se despede do torneio depois de se classificar como líder do grupo E, com seis pontos. Na primeira rodada venceu a Alemanha de virada e no segundo compromisso da fase de grupos perdeu para a Costa Rica. No entanto, voltou a surpreender e aplicou uma nova virada, desta vez sobre a Espanha.

Japão surpreende no fim e sai na frente

O primeiro lance promissor saiu dos pés croatas, mas o que parecia perigoso virou uma verdadeira bagunça dentro da área.

Aos sete minutos, Kovacic roubou a bola, desceu para o ataque e bateu para o gol. Gonda espalmou e, na sobra, Kramaric dividiu com os japoneses. Os atletas acabaram caindo no chão e a bola voltou para o próprio goleiro.

O maior perigo do Japão até aqui foi construído em um contra-ataque pela direita. Ito cruzou para a área, mas nem Maeda, na primeira trave, nem Nagamoto, na segunda, chegaram a tempo de empurrar para as redes.

A partida não estava nem lá e nem cá. De um lado a Croácia tentava criar com toques curtos e infiltrações, mas na finalização pecava muito. Do outro, o Japão aproveitava as roubadas de bola e erros de passes do adversário para arrancadas ofensivas.

Próximo ao fim da primeira etapa, o Japão foi oportuno em um escanteio para descer aos vestiários com a vantagem. Doan cobrou e trabalhou com Kamada, que cruzou para a área. Yoshida disputou com o zagueiro, desviou a bola em direção ao gol e Maeda estufou as redes.

Croácia busca empate, mas nada fica resolvido

Com dez minutos no marcador a Croácia igualou tudo. Após trabalhar a bola tranquilamente pelo lado direito, Lovren cruzou da intermediária e Perisic subiu, sem marcação, para marcar de cabeça.

A resposta do Japão não demorou muito para acontecer. Sete minutos depois, Endo arriscou de fora, a bola foi com efeito e quase morreu no ângulo do goleiro, mas Livakovic conseguiu defender.

Todo clima eletrizante que não foi vivido nos primeiros 45 minutos, foram vistos na segunda etapa. Modric pegou a bola da entrada da área e mandou uma bomba no gol, porém Gonda espalmou para escanteio.

Depois dos sustos ambos os técnicos fizeram alterações, mas, apesar das mudanças, os times se fecharam. Nenhuma das seleções quiseram arriscar e a disputa seguiu para a prorrogação.

Prorrogação

Depois de quase 15 minutos sem criação alguma, um dos únicos lances em direção ao gol foi do Japão. No penúltimo minuto, Mitoma bateu forte de fora da área, mas o goleiro defendeu. No rebote, os japoneses tentaram novamente, mas sem sucesso.

Nos acréscimos ainda deu tempo de Junya Ito trabalhar pela direita e achar Minamino na área, que tentou finalizar e acabou mandando para fora.

O segundo período foi mais agitado e o cenário deu uma reviravolta. Foi a vez do Japão se defender mais e a Croácia ir mais ao ataque. No fim, tudo terminou como igualado e a vaga nas quartas foi decidida nas penalidades máximas.

Pênaltis

O Japão começou mal. Minamino foi para a bola, bateu no canto esquerdo e parou no goleiro Gonda. Na sequência, Vlasic cobrou na esquerda e marcou para a Croácia.

Na segunda oportunidade dos japoneses, a seleção viveu a mesma cena. Mitoma perdeu. Do outro lado, Brozovic converteu. Na terceira vez foi o contrário. Asano marcou e Livaja marcou.

Na quarta cobrança, Yoshida cobrou mal e Livakovic pegou o pênalti. Pasalic foi para a última bola e classificou a Croácia.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO 1 X 1 CROÁCIA

Local: Estádio Al Janoub, em Al-Wakrah (QAT)

Data: 5 de dezembro de 2022, segunda-feira

Horário: Às 12h (De Brasília)

Árbitro: Ismail Elfath (EUA)

Assistentes: Corey Parker (EUA) e Kyle Atkins (EUA)

VAR: Nicolas Gallo (COL)

Cartões amarelos: Kovacic e Barisic (Croácia)

GOLS

Japão: Maeda, aos 43' do 1ºT

Croácia: Perisic, aos 10' do 2ºT

JAPÃO: Gonda; Yoshida, Taniguchi e Tomiyasu; Junya Ito, Endo, Morita (Tanaka) e Nagatomo (Mitoma); Doan (Minamino), Kamada (Sakai) e Maeda (Asano).

Técnico: Hajime Moriyasu

CROÁCIA: Livakovic; Juranovic, Lovren, Gvardiol e Barisic; Brozovic, Modric (Majer) e Kovacic (Vlasic); Kramaric (Pasalic), Petkovic (Budimir (Livaja)) e Perisic (Orsic).

Técnico: Zlatko Dalic

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade