PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Clássico: dez jogadores que já jogaram pelo Barcelona e Atlético de Madrid

Em dia de clássico na Espanha, Lance! traz lista de 10 dos muitos jogadores que vestiram ambas as camisas

3 dez 2023 - 11h42
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

Foto: Lance!

O Barça está prestes a enfrentar o Atléti, em um dos jogos mais emocionantes da temporada, já que ambas as equipes entram na 15ª rodada empatadas com 31 pontos. Neste domingo (3), às 17h (de Brasília), o confronto será um jogo especial para Griezmann e João Félix, dois dos jogadores que já vestiram ambas as camisas. Mas eles não são os únicos, pois vários outros craques fizeram a viagem de Barcelona para Madrid e vice-versa ao longo dos anos. Confira no Lance! os atletas que já defenderam os dois clubes na carreira.

Antoine Griezmann

Após dar seus primeiros passos no futebol na Espanha no Real Sociedad, Griezmann mudou-se para o Atleti em 2014 para jogar sob o comando de Diego Simeone. Brilhando tanto na Espanha quanto na Europa, o internacional francês despertou interesse do Barça, que o contratou em 2019. Ele permaneceu no Blaugrana por alguns anos, antes de retornar ao Atlético de Madrid em um contrato de empréstimo de um ano, que se tornou permanente.

João Félix

Em 2019, o português se transferiu do Benfica para o Atlético de Madrid, tornando-se a transferência mais cara dos Colchoneros. João Félix ajudou o Atleti a conquistar a La Liga 2020/21, antes de ser emprestado ao Chelsea e, em seguida, ao Barcelona para a temporada 2023/24.

Luis Suárez

A estrela uruguaia se mudou para a Espanha para ingressar no Barcelona em 2014. Depois de conquistar quatro títulos da La Liga e um título da Liga dos Campeões com o Blaugrana, ele foi persuadido a mudar para a capital espanhola por Simeone. Em sua temporada de estreia pelos Rojiblancos, Suárez marcou 21 gols, liderando-os até o título da liga.

Memphis Depay

Outro jogador com passagem pelo Barça que atualmente joga pelo Atlético, Memphis passou uma temporada e meia na Catalunha antes de se juntar ao time de Simeone em janeiro de 2023. O internacional holandês marcou um dos melhores gols desta temporada, na abertura da campanha 2023/24.

Sergio Agüero

O argentino mudou-se para a Europa para se juntar ao Atleti em 2006 e ajudou a equipe a conquistar o troféu da Liga Europa em 2010. Partiu para a Inglaterra um ano depois e tornou-se uma lenda do Manchester City, eventualmente saindo como o maior artilheiro do clube. Voltou à La Liga para se juntar ao Barcelona em 2021, mas sua passagem pelo Blaugrana foi breve, sendo forçado a se aposentar devido a problemas de saúde.

David Villa

Formado na academia do Real Sporting, Villa juntou-se ao clube da Catalunha vindo do Valencia em 2010, logo após vencer a Copa do Mundo com a Espanha. Ele comemorou dois títulos da liga e o troféu da Liga dos Campeões, mudando-se para o Atlético de Madrid em 2013 para liderar a equipe de Simeone até o primeiro título da liga desde 1996 e à primeira final da Liga dos Campeões na era moderna.

Arda Turan

Membro do elenco do Atleti que conquistou o título da liga em 2013/14, Turan atuou no clube de Madrid por quatro temporadas antes de se juntar ao Barcelona. Lá, ele adicionou mais um título da liga à sua coleção antes de retornar à sua Turquia natal.

Luis García

O espanhol iniciou sua carreira no futebol na famosa academia do Barça, La Masia. Após uma temporada no Atlético de Madrid em 2002/03, retornou ao Blaugrana, onde passou mais uma temporada. Em seguida, se juntou ao Liverpool, com quem venceu o título da Liga dos Campeões em Istambul, antes de fazer um retorno ao Atleti para jogar pelos Rojiblancos entre 2007 e 2009.

Bernd Schuster

Um dos poucos jogadores a ter atuado pelo Real Madrid, Barcelona e Atlético, Schuster chegou à Espanha para assinar inicialmente com o Barça em 1980. Depois de conquistar um título da liga e um troféu da Recopa Europeia com o Blaugrana, ele se juntou aos acirrados rivais do Real Madrid, onde permaneceu por duas temporadas, conquistando dois títulos da La Liga. Em 1990, Schuster assinou com o Atleti, com quem comemorou dois títulos consecutivos da Copa do Rei entre 1990 e 1992.

Marcos Alonso

Pai do atual defensor do Barcelona com o mesmo nome, Marcos Alonso faleceu recentemente, em fevereiro de 2023, aos 63 anos. Durante sua carreira como jogador, ele ingressou no Atleti em 1979 e saiu para o Barça três anos depois. Alonso mais tarde retornou ao Los Rojiblancos em 1987, após conquistar um título da liga com o Blaugrana em 1984/85.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade