PUBLICIDADE

Arteta, técnico do Arsenal, testa positivo para Covid-19 e não comanda o time diante do Manchester City

Treinador espanhol havia contraído Covid-19 em março de 2020, mas não escapou de onda da Omicrôn que resulta em diversos casos diários no Reino Unido

29 dez 2021 11h09
| atualizado às 11h09
ver comentários
Publicidade

Mikel Arteta, técnico do Arsenal, testou positivo para Covid-19 e não poderá comandar a equipe diante do Manchester City, no dia 1º de janeiro, pela Premier League. Em março de 2020, no início da pandemia, o espanhol havia sido diagnosticado com o coronavírus.

Mikel Arteta não poderá dirigir o Arsenal no jogo do dia 1º de janeiro (AFP)
Mikel Arteta não poderá dirigir o Arsenal no jogo do dia 1º de janeiro (AFP)
Foto: Lance!

Nesta semana, os Gunners não entraram em campo para encarar o Wolverhampton devido ao surto de Covid-19 da equipe dirigida por Bruno Laje somado ao extenso número de atletas lesionados. Ao todo, 16 partidas do Campeonato Inglês devem ser reagendadas até o momento.

O Reino Unido, e consequentemente a Premier League, tem sido muito afetado por conta da chegada da Ômicron, a nova variante da Covid-19. Desde o último dia 22 de dezembro, os casos positivos para o coronavírus ultrapassam a casa das 100 mil pessoas diariamente.

O Arsenal vive um grande momento no Campeonato Inglês sob comando de Mikel Arteta. Somando o duelo contra o Sunderland pela Copa da Liga Inglesa, os Gunners somam cinco vitórias consecutivas e ocupam o 4º lugar na principal competição nacional.

Lance!
Publicidade
Publicidade