0

Há 9 anos, último jogo do Palmeiras no Brinco pela Série A teve volta de Valdivia

Equipe visitou o Guarani em 22 de agosto de 2010 e jogo terminou em 0 a 0, naquela que foi a última temporada do time campineiro na elite do Brasileiro

5 dez 2019
13h20
atualizado às 13h20
  • separator
  • 0
  • comentários

De volta ao Brinco de Ouro da Princesa para enfrentar o Goiás, nesta quinta-feira, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras vai encerrar um hiato de nove anos sem atuar no estádio de Campinas pelo torneio nacional. E a última vez em que atuou por lá pela competição ficou marcada pelo início da segunda passagem de Valdivia pelo clube.

Em 22 de agosto de 2010, o Palmeiras visitou o Guarani, naquela que foi a última temporada do time campineiro na Série A. E os times não foram além do placar de 0 a 0, com a estreia de Valdivia sendo a principal atração do confronto, ainda que o chileno só tenha sido acionado pelo técnico Luiz Felipe Scolari no segundo tempo.

Valdivia teve a sua primeira passagem pelo Palmeiras entre 2006 e 2008, ano em que foi importante peça do time que conquistou o último título estadual do clube. Negociado com o Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos, teve seu retorno anunciado no fim de julho de 2010. Se envolveu em polêmicas, participou do rebaixamento à Série B em 2012, mas também se destacou em alguns jogos da vitoriosa campanha da Copa do Brasil naquele ano - o time voltou a vencer o torneio em 2015, mas o chileno deixou a equipe durante a campanha.

O jogo com o Guarani no Brinco de Ouro foi, portanto, o primeiro da segunda passagem de Valdivia pelo Palmeiras. Também era o segundo período do treinador pelo clube. E com um elenco que contava com outros jogadores renomados, como o goleiro Marcos, o volante Marcos Assunção e o atacante Kleber Gladiador.

A igualdade foi conquistada por um Palmeiras que empatava demais: foi a oitava nas 15 rodadas iniciais do Brasileirão. Mas essa talvez nem tenha sido das piores, pois o time teve Marcos Assunção expulso durante o segundo tempo. E conseguiu sustentar o placar sem gols até o fim.

HISTÓRICO

Local do confronto com o Goiás, o Brinco de Ouro é o sétimo estádio em que o Palmeiras mais atuou - 74 vezes. E Campinas é a quarta cidade que mais recebeu jogo do time - 170, com 68 vitórias, 42 empates e 60 derrotas. O último duelo no estádio foi em 3 de julho, a derrota por 2 a 1 para o Guarani, em amistoso, com gols de Edu Dracena, Douglas Cardoso e Bady.

Confira a ficha técnica do último jogo do Palmeiras pelo Brasileirão no Brinco de Ouro:

22/08/2010 - GUARANI 0 x 0 PALMEIRAS

GUARANI - Emerson; Rodrigo Heffner, Rodrigão, Aílson e Márcio Careca; Renan (Preto), Paulo Roberto, Baiano e Mário Lúcio (Diogo); Mazola e Ricardo Xavier (Rômulo). Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS - Marcos; Danilo, Maurício Ramos e Fabrício (Valdivia); Márcio Araújo, Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Rivaldo II; Luan (Patrik) e Kleber (Ewerthon). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ÁRBITRO - Sálvio Spinola Fagundes Filho (Fifa/SP).

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Heffner, Mazola (Guarani); Márcio Araújo, Luan, Patrik (Palmeiras).

CARTÃO VERMELHO - Marcos Assunção (Palmeiras).

RENDA - R$ 474.273,00.

PÚBLICO - 19.809 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade