0

Goleiro sul-coreano fala em "partida perfeita", mas lamenta eliminação

27 jun 2018
14h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Jo Hyeon-woo foi o nome do jogo do confronto entre Coreia do Sul e Alemanha. O goleiro sul-coreano fez defesas elementares ao longo dos 90 minutos para evitar não só uma possível derrota de sua equipe, mas também a classificação dos atuais campeões mundiais à próxima fase da Copa do Mundo, algo inédito na história do futebol alemão.

"Nunca fiz um jogo tão perfeito como esse em toda a minha carreira. Não defendi todas as bolas sozinho hoje, os outros goleiros da equipe também me ajudaram. Todos os jogadores sul-coreanos e também o treinador estavam jogando para o povo sul-coreano, todos nós nos tornamos em um para o povo sul-coreano", afirmou o goleiro após a surpreendente vitória sul-coreana por 2 a 0.

Pelo fato de não saberem o resultado da partida entre México e Suécia, que aconteceu simultaneamente à partida de sua equipe, Jo Hyeon-woo e seus companheiros acreditavam que poderiam ter garantido a classificação à próxima fase com a vitória sobre a Alemanha. Os suecos, no entanto, superaram os mexicanos por 3 a 0, fato que impediu a festa asiática.

"Foi apenas depois do jogo que percebemos o placar e, claro, estávamos desapontados. Por isso que muitos de nós choramos em campo", completou Jo Hyeon-woo.

Quem também comentou sobre o resultado histórico da seleção sul-coreana foi o treinador da equipe, Teyong Shin. O comandante falou sobre a estratégia armada para o duelo em Kazan e a conversa que teve com os jogadores para motivá-los mesmo possuindo chances mínimas de se manterem vivos no torneio.

"Me sinto bem, mas ao mesmo tempo me sinto um pouco decepcionado. Ontem disse que tínhamos 1% de chance e falei que eles deveriam lutar até o final. A Alemanha é a atual campeã, pensei em quais erros a Alemanha poderia cometer, porque certamente eles pensavam que poderiam nos vencer. Pensei que poderíamos explorar isso estrategicamente e deu certo. Por dois dias analisamos as estratégias e pensamos que a formação ideal seria 4-4-2 e nos saímos bem", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade