PUBLICIDADE

Futebol feminino

CBF lança programa de desenvolvimento que promete investir R$ 200 milhões no futebol brasileiro

28 nov 2023 - 22h37
Compartilhar
Exibir comentários

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou nesta terça-feira o programa de desenvolvimento "CBF Transforma", que promete investir R$ 200 milhões no futebol brasileiro nos próximos três anos. O projeto será executado em parceria com as federações estaduais.

Foto: ( Joilson Marconne / CBF) / Gazeta Esportiva

A iniciativa tem o objetivo de transformar o futebol brasileiro através do investimento em projetos estratégicos de desenvolvimento. Seguindo como modelo programas da Fifa e da Conmebol.

"Tenho a honra e a satisfação de anunciar o lançamento do CBF Transforma, o Programa de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro, que chega para possibilitar investimentos em projetos estratégicos em todo o território brasileiro, em estreita parceria com as Federações filiadas e em benefício de todo o ecossistema do futebol", disse Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF.

"Queremos estimular, por meio do novo programa, uma cultura de cooperação e corresponsabilidade entre a CBF e toda a rede de filiados, de forma a potencializar o impacto do jogo em toda a sociedade. O desenvolvimento do futebol tem sido uma das marcas de minha gestão e a marca do desenvolvimento do futebol brasileiro passa, a partir de agora, a carregar o nome do CBF Transforma", completou.

O novo programa de desenvolvimento também prevê verbas para o futebol de base feminino. Nas próximas temporadas, o projeto investirá mais de R$ 5,5 milhões na criação de 54 competições femininas com. O objetivo é, inicialmente, financiar pelo menos dois torneios por Estado.

"Esse programa trabalha com a massificação e a inclusão. O desenvolvimento do futebol feminino é uma das metas da minha gestão e faremos de tudo para colocar cada vez mais meninas jogando futebol", disse.

Os investimentos no futebol feminino também fazem parte da intenção da CBF de sediar a Copa do Mundo feminina de 2027. O Brasil é um dos candidatos para receber o torneio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade