PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Patrocínio Logo do patrocinador

São Paulo e Palmeiras fazem mais um clássico pautado pelo equilíbrio

O vencedor assumirá a liderança em vitórias no retrospecto geral do Choque-Rei

3 mar 2024 - 10h13
(atualizado às 10h13)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC / Esporte News Mundo

São Paulo e Palmeiras se enfrentam neste domingo (3), às 20h (de Brasília), no Morumbis. O confronto é válido pela penúltima rodada do Campeonato Paulista de 2024. Com um retrospecto extremamente parelho, não é exagero algum afirmar que esse vem sendo o clássico brasileiro de maior equilíbrio nos últimos anos.

Esse será o primeiro Choque-Rei desde a decisão da Supercopa Rei, disputada no dia 4 de fevereiro. Na oportunidade, o São Paulo saiu com o título após empatar no tempo normal por 0 a 0 e vencer nos penaltis.

Lucas Moura e Endrick, jogadores primordias em cada uma das equipes, não tiveram a oportunidade de disputar a decisão. O são-paulino estava machucado, enquanto o palmeirense estava à disposição da Seleção sub-23 para a disputa do pré-olímpico. A presença de ambos é mais um ingrediente para o duelo deste domingo.

A julgar pelas declarações dadas por Abel Ferreira em entrevista recente, o clássico promete ser quente. O treinador proferiu frases como: "não é um jogo como qualquer outro", "é sempre um jogo difícil" e "pra nossa torcida vale mais do que isso [três pontos]. O português ainda deu uma de sincerão e admitiu que "não tem tido muita sorte contra o São Paulo".

Assim como em toda a história, o impressionante equilíbrio no Choque-Rei persiste na "Era Abel Ferreira". Desde que o ex-PAOK (e já ídolo e multicampeão pelo Palmeiras) chegou à equipe palestrina, seu retrospecto contra o Tricolor é de 7 vitórias, 7 empates e 7 derrotas. Na história, as duas equipes venceram 116 vezes cada, além de 113 empates em 345 confrontos disputados.

Os rivais da Barra Funda também foram assunto na última convocação da Seleção Brasileira. Foram 2 atletas convocados de cada uma das equipes, fazendo com que São Paulo e Palmeiras fossem as equipes brasileiras com mais atletas chamados na primeira convocação do novo treinador Dorival Júnior. Do lado tricolor, o goleiro Rafael e o volante Pablo Maia foram chamados. Já na parte alviverde, o zagueiro Murilo e o atacante Endrick foram os nomes escolhidos.

COMO CHEGA O SÃO PAULO

O Tricolor tirou um pouco da pressão pelo jejum de vitórias ao vencer a Inter de Limeira. No entanto, Carpini não terá muito tempo para "respirar", já que está diante de mais um clássico, seu quarto desde que chegou ao clube paulista. O técnico tem boas lembranças do primeiro Choque-Rei disputado, já que foi naquela ocasião em que ele conquistou seu primeiro título enquanto treinador: a Supercopa Rei.

O clube do Morumbis terá um importante desfalque para a partida: Calleri, que levou o terceiro amarelo no último jogo, cumpre suspensão. Com isso, o mais provável é que Luciano ganhe a vaga do argentino no comando do ataque.

O São Paulo é o atual líder do grupo D. A equipe de Carpini tem os mesmos 18 pontos do São Bernardo, mas leva vantagem no saldo de gols: 7 a 4. O terceiro colocado é o Novorizontino com 15 pontos e 1 de saldo. Em caso de vitória das 3 equipes, as duas vagas para as quartas-de-final seriam decididas na última rodada.

Para saber tudo sobreo São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

COMO CHEGA O PALMEIRAS

O Verdão chega em alta e com sede para dar o troco pela Supercopa Rei. Já são 6 jogos de invencibilidade (a última derrota foi para o próprio São Paulo), sendo 4 vitórias nesse período. Flaco Lopez aparece com a esperança de gol para a equipe, tendo anotado 7 tentos nas últimas 9 partidas.

Abel Ferreira tem uma boa notícia para o clássico: Mayke, que estava fora há 6 jogos devido a uma lesão na coxa direita, treinou normalmente no sábado e deve estar à disposição.

Com 24 pontos conquistados, o Alviverde chega "leve" para o confronto, uma vez que a classificação para a próxima fase já está garantida. Mais do que isso, a equipe palestrina já assegurou a primeira colocação do grupo B. A Ponte Preta, atual segunda colocada, somou 16 pontos até então e, mesmo que vença seus dois jogos restantes, conseguiria chegar a no máximo 22 pontos. A liderança do grupo é importante pois garante que o Palmeiras jogará as quartas-de-final no Allianz Parque.

Com a liderança do grupo garantida, o Verdão agora pensa em manter a liderança geral do torneio. Seu principal perseguidor é o Santos, com 22 pontos. Caso confirme a primeira colocação geral, o Palmeiras terá a vantagem de decidir em seus domínios todos os confrontos de mata-mata.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

São Paulo: Rafael; Igor Vinícius, Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia e Alisson; Wellington Rato, Lucas e Ferreira; Luciano. Técnico: Thiago Carpini.

Desfalques: Calleri (suspensão); Luan (não está inscrito); Luiz Gustavo, Moreira, Rafinha, Rodrigo Nestor (lesões). Pendurados: Álisson, Galoppo, Pablo Maia, Welington e Thiago Carpini.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Luan e Piquerez; Aníbal Moreno, Zé Rafael e Raphael Veiga; Caio Paulista (Richard Ríos), Endrick e Flaco López. Técnico: Abel Ferreira.

Desfalques: Bruno Rodrigues, Dudu e Gustavo Gomez (lesões). Pendurado: Endrick.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade