1 evento ao vivo

Garotos de Cotia brilham, e São Paulo vence Ituano por 2 a 1

Com dois gols do jovem Igor Gomes, o tricolor paulista abriu vantagem na disputa por uma vaga na semifinal do Paulista

24 mar 2019
18h01
atualizado às 18h28
  • separator
  • 6
  • comentários

O São Paulo se aproximou das semifinais do Campeonato Paulista neste domingo. Recebendo o Ituano em seu retorno ao estádio do Morumbi, a equipe comandada pelo técnico interino Vagner Mancini surpreendeu, mostrando um futebol bem acima do desempenho dos últimos jogos, e saiu de campo com a importantíssima vitória por 2 a 1, graças aos gols do jovem Igor Gomes. Morato, fazendo prevalecer a "lei do ex", descontou para o Galo.

Havia três jogos que o São Paulo não conquistava uma vitória. Neste domingo, entretanto, Mancini contou com o retorno de Liziero, que formou boa dupla no meio-campo com Luan e juntos deram mais qualidade na transição da defesa para o ataque. Igor Gomes, por sua vez, novamente fez o papel de armador, substituindo Hernanes, e mostrou que pode ser muito útil ao Tricolor no mata-mata do Estadual.

São Paulo volta a jogar bem e vence o Ituano por 2 a 1 no Morumbi, em partida válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista
São Paulo volta a jogar bem e vence o Ituano por 2 a 1 no Morumbi, em partida válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista
Foto: Erik Teixeira/Raw Image / Gazeta Press

Agora, o São Paulo terá a missão de não deixar o Ituano reverter a vantagem construída no Morumbi. As equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu, às 19h15 (de Brasília).

O jogo

Apesar de o São Paulo ter dominado o primeiro tempo, foi o Ituano quem chegou com perigo pela primeira vez na partida. Logo aos quatro minutos, em cobrança de escanteio fechada, Tiago Volpi mostrou que estava ligado e afastou a bola que ia entrando no gol. Já aos 13 minutos o Tricolor respondeu com Liziero, que fez a ultrapassagem, recebeu de Everton Felipe e cruzou rasteiro para Pablo, mas viu seu passe ser interceptado na hora "h" pela defesa adversária.

Tentando jogar por uma bola, o Ituano de vez em quando se jogava para o ataque. Aos 16 minutos, Martinelli recebeu em velocidade, invadiu a área, mas se chocou com Hudson. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira, porém, mandou o lance seguir. Logo na sequência, o São Paulo decidiu experimentar de fora da área com Liziero, que mandou por cima do gol.

O dinâmico confronto seguiu agitado, e Morato por pouco não bota água no chopp dos são-paulinos. Aos 19 minutos, o camisa 10 do Ituano recebeu lindo passe de trivela de Martinelli, cortou para o meio e bateu firme, mandando à esquerda do gol tricolor. Os donos da casa, por sua vez, se apoiaram em Pablo para tentar abrir o placar. O camisa 12 ajeitou duas bolas para Liziero e Igor Gomes chegarem batendo dentro da área, mas ambos não acertaram a pontaria.

Apesar de pecar nos arremates, o São Paulo, de tanto insistir, foi premiado com o gol aos 33 minutos de jogo. Everton Felipe fez boa trama pela esquerda e tocou para Reinaldo, que cruzou na medida para Igor Gomes, no meio da área, concluir com um belo chute no ar, abrindo o marcador no Morumbi. Não satisfeito com a vantagem o Tricolor ainda teve uma chance de ouro para ir para o intervalo com 2 a 0, mas Everton Felipe, que saiu cara a cara com o goleiro após tabelar com o autor do primeiro gol, não finalizou bem.

Segundo tempo

No segundo tempo o São Paulo seguiu comandando as ações ofensivas. Apesar disso, a exemplo da etapa inicial, foi o Ituano quem assustou primeiro com Morato, que aos quatro minutos recebeu na direita, cortou para o meio e soltou uma bomba no ângulo de Tiago Volpi, que se esticou e fez a defesa. Já aos 14 minutos foi a vez de o Tricolor responder com Reinaldo, que recebeu de Everton Felipe na entrada da área, se livrou da marcação e finalizou certeiro, mas o goleiro Pegorari fez a intervenção.

Se não deu para Reinaldo, melhor para Igor Gomes. No minuto seguinte, Antony estava ligado e roubou a bola já no campo de ataque após passe ruim da defesa do Ituano e abriu para Everton Felipe na esquerda, que bateu cruzado, de primeira. No rebote, Igor Gomes precisou apenas completar para o fundo das redes e sair para o abraço. Foi o segundo gol do garoto como profissional.

Bastante confortável na partida, o Tricolor seguiu pressionando o adversário e esbarrou na trave duas vezes em busca do terceiro gol. Primeiro, aos 18 minutos, foi a vez de Hudson, que arriscou de fora da área e carimbou o travessão. Depois, aos 26, Reinaldo chegou batendo na entrada da área e viu Pegorari chegar a tocar na bola antes de ela bater no poste esquerdo da meta defendida pelo goleiro rubro-negro.

Sem sorte para fazer o terceiro gol e ficar em uma posição ainda mais cômoda, o São Paulo acabou punido aos 37 minutos. Depois de Tiago Volpi fazer defesa espetacular com o pé direito em chute de Bassani, o Ituano descontou com Morato, que cabeceou dentro da pequena área, sozinho, a cobrança de escanteio vindo da esquerda para fazer prevalecer a "lei do ex" e manter o time do interior vivo na disputa por uma vaga nas semifinais do Paulistão.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 1 ITUANO

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 24 de março de 2018, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: José Cláudio de Rocha Filho

Assistentes: Marcelo Van Gasse e Risser Corrêa

Público: 18.573 pessoas

Renda: R$ 249.480,70

Gols: Igor Gomes, aos 33 minutos do 1ºT e aos 15 minutos do 2ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: Bassani e Motaro (Ituano); Antony (São Paulo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero (Léo) e Igor Gomes (Everton); Antony, Pablo e Everton Felipe (Brenner)

Técnico: Vagner Mancini

ITUANO: Pegorari; Jonas, Léo, Baralhas e Peri; Serrato (Bassani), Corrêa (Paulinho Dias), Ramon (Gui Mendes) e Morato; Martinelli e Ricardo Silva

Técnico: Vinicius Bergantin

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 6
  • comentários
publicidade