PUBLICIDADE

FPF pede ao governo estadual a retomada do Campeonato Paulista em 22 de julho

7 jul 2020 22h31
ver comentários
Publicidade

Pedido será analisado pelo governador João Doria e pelas autoridades de saúde (Foto: Divulgação/FPF)
Pedido será analisado pelo governador João Doria e pelas autoridades de saúde (Foto: Divulgação/FPF)
Foto: Gazeta Esportiva

A Federação Paulista de Futebol solicitou ao governo do estado de São Paulo nesta terça-feira a retomada do Paulistão no próximo dia 22 de julho. O pedido será analisado pelo governador João Doria (PSDB) e pelas autoridades de saúde, que precisam dar o aval para que a entidade possa reiniciar o torneio.

A data estipulada pela FPF para o retorno faz parte do protocolo de segurança para a conclusão da competição, interrompida no último dia 16 de março devido à pandemia do novo coronavírus. O documento, ao qual a Gazeta Esportiva teve acesso, também estabelece que os 16 times participantes fiquem confinados em locais previamente definidos e preparados durante todo período de jogos do Campeonato Paulista.

Caso o torneio realmente volte no dia 22 de julho, a final ocorreria no final de semana dos dias 8 e 9 de agosto, para quando está previsto o início do Campeonato Brasileiro. O Paulistão foi paralisado faltando duas rodadas para o fim da primeira fase. Depois, ainda seriam disputadas as quartas de final, as semifinais e a decisão (todas as fases em partida única, exceto a última).

Nesta semana, João Doria e a CBF entraram em conflito por causa das datas de retorno dos campeonatos. O governador de São Paulo afirmou que as equipes paulistas não poderiam estrear no Brasileirão antes do término do estadual, apesar de não poder vetar a participação dos clubes no nacional. Ele também alegou que não foi consultado pela entidade sobre a possibilidade da retomada das Séries A e B no período divulgado.

No entanto, a CBF respondeu o pronunciamento de Doria afirmando que os times paulistas aprovaram, em reunião no último dia 25 de junho, o retorno dos campeonatos nacionais nos próximos dias 9 e 8 de agosto. As equipes ainda teriam concordado em mandar partidas em outras cidades e estados, caso ainda não tenham liberação para jogar em suas sedes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade