PUBLICIDADE

Campeonato Mineiro

Mineiro Módulo II: confira os times que disputarão o acesso e os rebaixados para Terceira divisão

Seis clubes disputam a vaga para o Campeonato Mineiro 2024 entre possíveis debutantes e recentes da elite

18 jun 2023 - 13h49
(atualizado às 13h49)
Compartilhar
Exibir comentários
Medalhas do Campeonato Mineiro Módulo II
Medalhas do Campeonato Mineiro Módulo II
Foto: Bruno Cantini/Villa Nova / Esporte News Mundo

Neste fim de semana, a primeira fase do Campeonato Mineiro Módulo II chegou ao fim, definindo os seis clubes que irão disputar as duas vagas pela elite do estadual em 2024. A última rodada começou com algumas definições ainda em aberto, e outros dependendo somente de si ou de um 'tropeço' de um concorrente direto. O rebaixamento já havia sido definido antecipadamente e dois clubes já se conformam a disputar o terceiro escalão de MG. Confira os detalhes:

HEXAGONAL FINAL DIVIDIDA EM DOIS CENÁRIOS

Antes do começo da última rodada, três das seis vagas para o Hexagonal Final já haviam sido definidas. Betim, Itabirito e URT só aguardavam para conhecer os adversários que iriam enfrentar na próxima fase e 'cumpriram tabela' se preparando para o próximo caminho.

Quatro clubes ainda lutavam pelas três vagas restantes: Aymorés, Uberlândia e Boa Esporte, só dependiam de si por estarem no G6, além do Varginha, clube fora da zona, que ainda lutava pelo Hexagonal. A tabela favorecia as três equipes dentro da zona de classificação, pois bastava um tropeço do Varginha para que todos carimbassem o avanço.

Assim ocorreu, com o Varginha sendo goleado para o Nacional de Muriaé por 4 a 1 na Zona da Mata. Resultado que ajudou o Uberlândia e Aymorés, que saíram derrotados na rodada para Boa Esporte e Itabirito, respectivamente. Com a definição, o Hexagonal Final ficará 'dividido' entre equipes que estiveram no Módulo I recentemente, e times que buscam estar na elite do Mineiro pela primeira vez na história.

O Boa Esporte busca voltar para a elite desde sua última disputa em 2021, quando caiu e também ficou sem divisão no cenário nacional. Junto dele, Uberlândia e URT são clubes que estiveram na elite recentemente. A dupla foi rebaixada em conjunto no ano passado e buscam fazer a campanha de 'bate e volta' com o possível retorno. Betim, Itabirito e Aymorés almejam serem debutantes da elite, visto que são clubes recentes no cenário profissional e nunca participaram do Módulo I.

Nesta fase, os clubes jogam entre si em sistema de pontos corridos, em turno e returno. Os dois clubes melhores colocados ao final de dez rodadas (respectivamente campeão e vice), disputam o Campeonato Mineiro em 2024. A tabela deverá ser divulgada em breve, com previsão de ocorrer entre 24 de junho e 12 de agosto.

Para saber tudo sobre o futebol mineiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

REBAIXADOS SÃO DEFINIDOS ANTECIPADAMENTE

Os dois clubes rebaixados para a Segundona Mineira (terceira divisão do Mineiro), foram conhecidos antes mesmo da última rodada ocorrer. Tupynambás e União Luziense terão de jogar no terceiro escalão no ano que vem, caso desejem estar presentes na divisão de acesso novamente. As duas equipes, que estiveram sempre presentes no Módulo II nas últimas edições, sofreram com o baixo desempenho durante a campanha.

O rebaixamento do Tupynambás retrata a pior fase do futebol de Juiz de Fora nos últimos anos. O Baeta foi rebaixado em 2020 do Módulo I, e desde então, bateu sempre na trave para retornar a elite, estando presente nas fases de disputa do acesso. Nesta edição, o Leão caiu na 9º rodada como lanterna, sem nenhuma vitória até então, vencendo seu primeiro jogo já quando estava rebaixado, na penúltima rodada, diante do North.

O União Luziense, de Santa Luzia, era um dos times que buscavam ser debutantes da elite. A Águia estava no Módulo II desde 2021, após o acesso com o vice-campeonato da Segunda Divisão (Série C) no ano anterior. Desde então, a equipe não fez boas campanhas na edições, sempre ficando abaixo na tabela final da primeira fase. A equipe foi rebaixada no penúltimo lugar, já na 10ª rodada, com somente uma vitória conquistada.

Em consequência das quedas antecipadas, os clubes rebaixados que iriam se enfrentar no fechamento da primeira fase, solicitaram o cancelamento da partida. A FMF acolheu o pedido, visto que não traria prejuízo e mudanças impactantes na tabela, atribuindo o placar de 0 a 0, sem que a partida entre Tupynambás e União Luziense ocorresse.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade