PUBLICIDADE

Campeonato Mineiro

Caso de racismo é registrado por jogador do Villa Real contra o Guarani-MG, pela Segundona Mineira

Alexandre Capela sofre ato racista após marcar gol da vitória do Villa Real em Divinópolis

23 set 2023 - 19h11
(atualizado às 19h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Alexandre Capela foi vítima de racismo em Guarani-MG x Villa Real, pelo Campeonato Mineiro Segunda Divisão
Alexandre Capela foi vítima de racismo em Guarani-MG x Villa Real, pelo Campeonato Mineiro Segunda Divisão
Foto: Reprodução/Instagram/Alexandre Capela / Esporte News Mundo

Por mais uma vez, um caso de racismo foi registrado em divisões inferiores do Campeonato Mineiro. Desta vez, o crime foi cometido em Divinópolis, no Estádio Farião, durante a partida entre Guarani e Villa Real de Juiz de Fora, pela Segundona Mineira (correspondente à Série C do estadual), quando os visitantes venceram por 1 a 0 neste sábado (23). A vítima foi o atleta Alexandre Capela, atacante do time juiz-forano, que está em sua primeira oportunidade no futebol profissional.

O caso foi registrado na súmula pelo árbitro Alexander Medeiros Xavier. Segundo o juiz, o caso ocorreu aos oito minutos da segunda etapa, pouco depois de um lance de falta marcada, quando um torcedor disparou gritos com caráter de injúria racial contra Alexandre. A partida foi paralisada após o atacante do Villa Real reportar o ato, e o autor foi imediatamente identificado, e um boletim de ocorrência foi feito pela Polícia Militar.

Em nota oficial, o Villa repudiou o ocorrido, e diz já estar tomando as medidas necessárias contra o indivíduo. O clube ainda fez questão de agradecer ao Guarani, que auxiliou na identificação e no apoio ao jogador, e destacou a necessidade de união no combate aos atos. O Bugre também soltou uma nota de repúdio, lamentando o crime cometido, e reafirmando que casos como estes são inadimissíveis.

Esta não é a primeira vez em divisões inferiores do estadual de Minas, que um ato racista é registrado nas arquibancadas. Em Patos de Minas, pelo Módulo II, dois casos ocorreram em jogos diferentes, primeiro contra o Varginha, cometido contra o jogador Diego Lino, e após diante do Betim, onde o atleta Sabino foi a vítima.

Confira as notas de repúdio de cada equipe:

Para saber tudo sobre o Futebol Mineiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade