0

Remo aproveita expulsão, goleia Cuiabá e encaminha título

30 abr 2015
21h41
atualizado em 1/5/2015 às 07h27
  • separator
  • comentários

O Remo encaminhou o título inédito da Copa Verde. Na noite desta quinta-feira, o clube azulino recebeu o Cuiabá, no Mangueirão, e goleou por 4 a 1. Os tentos da formação de Belém foram anotados por Ratinho, Warian Santos e Rafael Paty, duas vezes. Kaique descontou para a representação mato-grossense, que atuou com dez jogadores após a expulsão do zagueiro Ricardo Braz, aos 20min do primeiro tempo.

Com o resultado, o Remo leva ampla vantagem para o compromisso de volta, agendado para o dia 7 de maio, quinta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena Pantanal. O vencedor do torneio interestadual garante vaga na Copa Sul-Americana de 2016.

Time paraense fez 4 a 1 no Cuiabá no Pará
Time paraense fez 4 a 1 no Cuiabá no Pará
Foto: Igor Mota / Futura Press

Empurrado pela torcida azulina que compareceu em bom número ao Mangueirão, o Remo encontrou dificuldades com a ajustada marcação visitante, mas conseguiu, com paciência, controlar a bola e se firmar com ligeira superioridade. Assim, os paraenses foram às redes, aos 19min. Após falha grotesca da defesa, Bismarck dominou em boas condições e acabou derrubado por Ricardo Braz, o último homem da defesa, na área. O árbitro marcou pênalti e expulsou o zagueiro do Cuiabá. Na cobrança, Rafael Paty concluiu com força, no meio do gol, e viu Willian Alves escolher o canto esquerdo.

Mesmo com um a menos, o Dourado não se desesperou e conseguiu o surpreendente empate quando o relógio apontou a marca dos 23min. Aproveitando bola alçada na área, Nino Guerreiro testou firme e exigiu bela defesa de Fabiano. No rebote, contudo, estava Kaique. Livre, o camisa 7 não encontrou empecilhos para balançar a rede mandante.

Torcida do Remo lotou o Mangueirão e fez a festa
Torcida do Remo lotou o Mangueirão e fez a festa
Foto: Igor Mota / Futura Press

Passado o susto, o Remo demonstrou calma para envolver o valente adversário e voltou a impor vantagem. Aos 33min, Ratinho arriscou da intermediária e venceu Willian Alves. O preciso petardo morreu no ângulo esquerdo cuiabano. A resposta dos mato-grossenses veio com 42min. Em cobrança de falta, Raphael Luz concluiu com capricho e carimbou o travessão de Fabiano. A bola ainda ficou viva na área, contudo, Max se antecipou aos dianteiros e afastou o perigo.

No lance seguinte à bola na trave sofrida, o Remo encontrou o terceiro tento. Eduardo Ramos ergueu a cabeça e alçou a bola na área, com categoria. Atento, Rafael Paty concluiu de primeira, com um acrobático voleio, e surpreendeu Willian Alves.

Durante a segunda etapa, a formação azulina impôs bom ritmo de jogo e procurou decretar a goleada, que encaminharia o título inédito. O almejado tento, após muita insistência, foi consolidado aos 44min. Acionado por Val Barreto, Warian Santos fez o trabalho de pivô, girou sobre a marcação e chutou rasteiro, no canto de Willian Alves, fechando o confortável marcador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade