0

Pelé recebe a visita de Neymar no hospital em Paris

Imagem do encontro foi publicada pelo atacante do PSG em suas redes sociais

8 abr 2019
16h31
atualizado às 17h01
  • separator
  • 3
  • comentários

Melhorando dia após dia de uma infecção urinária, Pelé recebeu a visita do atacante Neymar na tarde desta segunda-feira (8) no hospital onde está internado, em Paris. A imagem do encontro foi publicada pelo jogador em suas redes sociais.

O atacante Neymar foi visitar Pelé no hospital em Paris
O atacante Neymar foi visitar Pelé no hospital em Paris
Foto: Instagram / Estadão Conteúdo

Na foto, o Rei do Futebol está deitado na cama, sorridente. Na legenda, Neymar também sorri e fez referência à semifinal do Campeonato Paulista, nesta segunda-feira, no Pacaembu. No primeiro jogo, vitória do Corinthians por 2 a 1. "Hoje dá Peixão! Sim ou sim!", escreveu Neymar.

O problema do astro do futebol mundial começou com uma febre durante evento em que se encontrou com Kylian Mbappé, craque francês do PSG. Depois de avaliação médica, foi diagnosticada uma infecção urinária, a mesma que o acometeu em 2014. Pelé, que possui apenas um rim, logo foi tratado com antibióticos e seu organismo respondeu bem aos medicamentos.

No último sábado, o ex-jogador de 78 anos passou por uma nova avaliação que mostrou que o problema de saúde estava controlado e a infecção estava praticamente extinta. Apesar disso, ele continuou em observação. De acordo com seu estafe na capital francesa, em conversa com o Estado neste domingo, "Pelé está bem, não corre nenhum risco sério, mas também não há nenhuma pressa para retornar ao Brasil."

Apesar de apresentar boa melhora, o tricampeão do mundo cancelou sua ida a um evento onde seria homenageado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, neste domingo. Tite, outro participante do evento, proferiu sua palestra.

Na sexta, Pelé agradeceu aos fãs pelos desejos de pronta recuperação. "Muito obrigado por todo o amor! Os antibióticos estão fazendo efeito e os exames estão todos ok. Eu estou me sentindo muito melhor e acho que estou pronto para jogar de novo!", afirmou.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 3
  • comentários
publicidade