3 eventos ao vivo

Diante do Botafogo, Athletico-PR tenta completar oito jogos sem derrota no Brasileirão

Equipe paranaense terá a vantagem de jogar em seu estádio, mas os desfalques são um sério problema

17 nov 2019
14h58
atualizado às 14h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Apesar de estar com a vaga na Copa Libertadores da América de 2020 já garantida, o Athletico-PR tem tratado o Campeonato Brasileiro com seriedade e vai continuar em busca de um lugar entre os primeiros colocados. O time rubro-negro enfrentará o Botafogo neste domingo, às 18 horas, na Arena da Baixada, com o objetivo de alcançar a oitava rodada consecutiva sem derrota na competição nacional.

A fase é boa, mas não faltam problemas ao técnico Eduardo Barros. Ele não poderá contar hoje com o goleiro Santos, que está a serviço da seleção brasileira, e com Lucas Halter, Jonathan, Adriano, Bruno Guimarães e Léo Cittadini, todos machucados.

O Athletico-PR, do zagueiro Thiago Heleno, está há sete partidas sem perder.
O Athletico-PR, do zagueiro Thiago Heleno, está há sete partidas sem perder.
Foto: Divulgação/Athletico-PR / Estadão

Por outro lado, o treinador poderá voltar a escalar Madson e Marco Ruben. No entanto, nos treinos realizados ao longo da semana ele usou Khellven e Thonny Anderson nas posições deles. Essas são as principais dúvidas de Eduardo Barros, que ganhou também o retorno de Rony, recuperado de dores musculares.

"Procuro sempre ajudar o Athletico da melhor maneira possível. Tenho capacidade para substituir o Santos. Vai ser mais um jogo importante, assim como foram todos os outros. Vou fazer o meu melhor para sairmos com os três pontos", falou o goleiro Léo.

Manter o bom momento da equipe será importante para Eduardo Barros, que sonha em ser efetivado como substituto de Tiago Nunes, embora suas chances sejam pequenas.

"Sou funcionário do clube. Onde a diretoria achar que eu deva estar, ficarei feliz em realizar o melhor trabalho possível. O Athletico tem um projeto lindo, um dos melhores do Brasil. Estamos dando sequência a isso. Pretendemos conquistar o maior número de pontos até o final do torneio", disse o treinador.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade