0

Vitória reage e sai na frente do América-RN na Copa Nordeste

26 mar 2015
23h41
atualizado às 23h54
  • separator
  • comentários

O Vitória conseguiu fazer o que precisava para amenizar a má fase e venceu o América-RN por 1 a 0, fora de casa, na noite desta quinta-feira. Para ganhar o primeiro jogo das quartas de final da Copa do Nordeste, o Leão contou com gol de Vander no início da segunda etapa e construiu vantagem no confronto. Destaque também para a grande atuação do goleiro Fernando, que fez boas defesas e impediu que os mandantes mexessem no marcador.

As duas equipes vivem situações opostas no futebol de seus estados. Enquanto o América terminou a primeira fase do Campeonato Potiguar como líder, o Vitória foi eliminado nas quartas de final do Baiano pelo Colo Colo e sentiu uma crise se iniciar logo na estreia do treinador Claudinei Oliveira. O time rubro-negro, no entanto, deu sinais de reação rápida e abriu vantagem fora de casa nas quartas de final da Copa do Nordeste. O jogo de volta acontece já neste domingo (29), no Barradão, em Salvador (BA).

O jogo- O Vitória entrou em campo decidido a conquistar um triunfo na Copa do Nordeste para sair em vantagem nas quartas da competição e apaziguar o mau momento. Logo aos três minutos, Neto Baiano chapelou o zagueiro Zé Antônio, invadiu a área e cruzou buscando a cabeça de Rhayner, mas o goleiro Busatto ficou com a bola.

Os donos da casa conseguiram equilibrar a partida na sequência, que ficou marcada pela alta intensidade física, com correria de ambos os setores ofensivos e precisão das defesas para evitar chances claras de gol. Aos 15 minutos, após nova boa jogada de Neto Baiano, Rhayner partiu livre em direção à meta adversária, mas adiantou muito a bola e foi parado novamente por Busatto.

Sentindo fortes dores na coxa direita, o meia Thiago Potiguar teve de abandonar a partida aos 25 da primeira etapa, quando foi substituído por Daniel Costa. Sangue novo no América, Costa assustou o goleiro Fernando em sua primeira participação na partida, quando chutou com força da intermediária e viu a bola passar perto do gol leonino.

Aos poucos o Vitória começou a crescer na partida, e teve nova grande chance aos 39 minutos, quando, após tabela de Jorge Wagner e Flávio, o volante ficou em boas condições de marcar, mas foi parado pelo goleiro Busatto, que saiu bem do gol para fazer nova intervenção importante no jogo.

O América teve sua melhor chance até então no duelo logo na volta do intervalo. Max recuperou a bola na defesa e tocou para Cascata, que soltou uma bomba e acertou a trave do Vitória. Antes de sair pela linha de fundo, a bola ainda tocou no goleiro Fernando e quase entrou.

Pressionando no início, os donos da casa tiveram sua segunda grande chance na etapa complementar cinco minutos depois. Cascata recebeu outra vez de Max, ajeitou e colocou a bola no canto de Fernando, que saltou para fazer boa defesa e salvar a equipe baiana. A resposta veio aos 11 minutos, e foi fatal. Após contra-ataque rápido do Leão, Vander recebeu dentro da área e completou para o fundo do gol para abrir o placar pelo time rubro-negro.

O América tentou o tento de empate logo em seguida, mas parou novamente no goleiro Fernando. Aos 14 minutos, Daniel Costa chutou forte da entrada da área e viu o arqueiro leonino fazer mais uma intervenção providencial. Aos 18, foi a vez de Busatto aparecer para salvar a representação de Natal após chute de Vander de dentro da área.

Ambos os treinadores aproveitaram para modificar suas equipes nos minutos seguintes e o jogo caiu de ritmo, mas ficou mais acirrado, resultando em alguns cartões amarelos na capital potiguar. Nos últimos minutos, o time da casa focou seus esforços em cruzamentos na área para tentar chegar ao empate. Aos 46, o meia Álvaro, que entrou no lugar de Gilmar, ainda acertou a trave do Vitória. O América pressionou até o fim, mas não conseguiu marcar e terá de correr atrás do prejuízo neste domingo, em Salvador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade