0

Revelação, Müller cita Pelé e diz que Copa foi "incrível"

13 jul 2010
08h58
atualizado às 09h01

O meio-campista alemão Thomas Müller afirmou que não esperava uma participação tão bem-sucedida na Copa do Mundo da África do Sul e classificou seu desempenho como "incrível". Jogador ganhou a Chuteira de Ouro, prêmio dado ao maior artilheiro do torneio, e foi eleito o melhor jogador jovem do Mundial. Em entrevista concedida ao site oficial do Bayern de Munique, publicada pelo jornal inglês Guardian, Müller se diz honrado de entrar para o seleto grupo de jogadores que inclui Pelé e Franz Beckenbauer.

A revelação da Copa do Mundo estreou por sua seleção em março deste ano e foi um dos destaques da campanha alemã que ficou com a terceira colocação no torneio. Jogador anotou cinco gols na Copa, mesmo número do uruguaio Diego Forlán, do holandês Wesley Sneijder e do espanhol David Villa, e só ficou com a Chuteira de Ouro por ter feito três assistências, primeiro critério de desempate utilizado pela Fifa.

Para o jogador estes prêmios coroam seu esforço e trabalho realizados na temporada passada e afirma que jamais se esquecerá de sua estreia em Copas do Mundo. Apesar de todo o reconhecimento, Müller afirmou que trocaria seus prêmios pelo título de campeão mundial.

Müller marcou cinco gols na Copa do Mundo 2010, o único marcado de cabeça foi na goleada contra a Argentina
Müller marcou cinco gols na Copa do Mundo 2010, o único marcado de cabeça foi na goleada contra a Argentina
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade