0

Gallas "teme" dentista tunisiano e pode ser processado

14 jul 2010
10h16

Não bastassem as polêmicas em que se envolveu com a equipe francesa durante a Copa do Mundo, William Gallas ainda tem mais um caso com o qual se preocupar. De acordo com o jornal da Tunísia Alousboui, dentistas do país pretendem processar o jogador por ter recusado um tratamento durante a preparação da França para o último Mundial.

A parte final dos treinamentos do time comandado por Raymond Domenech para a competição ocorreu justamente na Tunísia, onde até foi disputado um amistoso com a seleção local em Rades, que terminou com um empate por 1 a 1 em 30 de junho.

Em meio a esses preparativos, Gallas chegou a sentir fortes dores nos dentes, porém não quis se tratar com dentistas da nação africana. Assim, solicitou que seu dentista pessoal viesse da Europa ao custo de 25 mil euros (quase R$ 56 mil).

Os dentistas africanos ficaram tão irritados com isso que estão planejando levar o zagueiro a julgamento para reparar "os danos à imagem da cirurgia dental na Tunísia". Essa declaração foi dada pelo presidente da União dos Dentistas da Tunísia, Adel Ben Smida, à agência AFP.

A principal crítica de Smida é que Gallas tornou pública sua desconfiança, publicando na internet que recusou uma consulta com um profissional tunisiano.

Gallas recusou se tratar na Tunísia e pagou R$ 56 mil reais para que seu dentista pessoal viesse da Europa
Gallas recusou se tratar na Tunísia e pagou R$ 56 mil reais para que seu dentista pessoal viesse da Europa
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade