3 eventos ao vivo
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Em vantagem, Santos tenta confirmar classificação contra Vasco em crise

Em São Januário, equipe do técnico Jorge Sampaoli avança até com derrota por 1 a 0

24 abr 2019
04h41
atualizado às 04h41
  • separator
  • comentários

O Santos tentará aproveitar um cenário bastante favorável para assegurar a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira. Após triunfar por 2 a 0 na semana passada na Vila Belmiro, o time coloca sua vantagem em campo diante do Vasco, que está em crise, a partir das 19h15, em São Januário, no duelo de volta da quarta fase.

Pelo resultado obtido na ida, o Santos pode até perder por um gol de diferença que estará assegurado na próxima etapa da competição. E, para isso, aposta no bom momento do seu sistema defensivo, que não foi vazado em seus últimos três compromissos, os triunfos sobre Corinthians (1 a 0), Atlético Goianiense (3 a 0) e o próprio Vasco.

Nos últimos dois compromissos, ambos pela Copa do Brasil, a meta do time foi ocupada por Everson, o que se repetirá nesta quarta-feira em São Januário. E se não for vazado, o goleiro, além de assegurar a passagem de fase do Santos, também poderá convencer o técnico Jorge Sampaoli a mantê-lo na formação para o Campeonato Brasileiro - neste início de temporada, a vaga foi de Vanderlei no Paulistão, enquanto o ex-goleiro do Ceará tem sido acionado nas copas, para uma melhor observação pelo treinador.

Satisfeito com o bom rendimento do time, Sampaoli optou por manter a formação que superou o Vasco na semana passada, o que inclui os quatro jogadores eleitos para a seleção do Paulistão na última segunda-feira - o zagueiro Gustavo Henrique, o lateral-direito Victor Ferraz, o volante Diego Pituca e o meia Jean Mota, artilheiro e craque do torneio estadual.

"Temos que entrar em campo como se estivesse 0 a 0. Sabemos da força do Vasco, principalmente em São Januário, junto de sua torcida. Tivemos o apoio do nosso torcedor na Vila e fizemos uma boa vantagem, mas precisamos estar ligados", disse Gustavo Henrique, prometendo que o Santos manterá a postura ofensiva que vem marcando o trabalho de Sampaoli no clube.

Assim, as novidades do Santos em São Januário deverão estar no banco de reservas, casos do meia peruano Cueva, livre da suspensão que o impediu de ser aproveitado no primeiro confronto com o Vasco, e o volante Jobson, recém-contratado após se destacar pelo Red Bull Brasil no Paulistão.

Se o cenário do Santos é de tranquilidade, o Vasco está em crise. Além de precisar de um triunfo por três gols de diferença para avançar na Copa do Brasil sem a necessidade dos pênaltis, o time vem de duas derrotas para o Flamengo nas finais do Campeonato Carioca.

Os resultados negativos provocaram a demissão do técnico Alberto Valentim no último domingo, sendo que nesta quarta o time vai ser dirigido por Marcos Valadares, o treinador dos juniores, vice-campeões da Copa São Paulo em janeiro. E o Vasco acumula três derrotas consecutivas, sem marcar sequer um gol nesses compromissos e tendo sido vazado seis vezes.

Além disso, enquanto o Santos entrará em campo descansado após uma semana sem atuar, o Vasco está desgastado pela participação na final do Campeonato Carioca. E o departamento médico do clube continua cheio, com Gabriel Félix, Breno, Ramon, Rossi e Vinícius Araújo.

"É um momento muito importante, uma competição fundamental para o clube. Esperamos que o astral dentro do estádio seja muito bom e que a gente traga uma grande vitória. Vamos buscar fazer um grande trabalho, realizar alguns ajustes nesse curto espaço de tempo para poder surpreender o adversário", afirmou Valadares.

FICHA TÉCNICA:

VASCO X SANTOS

VASCO - Fernando Miguel; Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César e Yago Pikachu; Marrony e Maxi López. Técnico: Marcos Valadares.

SANTOS - Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Diego Pituca; Alison, Carlos Sánchez e Jean Mota; Rodrygo, Derlis González e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO - Rafael Traci (SC).

HORÁRIO - 19h15.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio (RJ).

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade