0

Protesto em BH movimenta redes sociais com boatos e confirmação recorde

25 jun 2013
12h58
atualizado às 18h13
  • separator
  • comentários

Se depender da agitação nas redes sociais, o protesto marcado para horas antes do jogo entre Brasil e Uruguai, em Belo Horizonte, será o maior da cidade desde que a onda de manifestações se espalhou pelo país. Os dois principais eventos criados no Facebook somam mais de 65 mil pessoas confirmadas até às 12h desta quarta-feira.

<p>Eventos em BH já somam mais de 65 mil confirmações nas redes sociais</p>
Eventos em BH já somam mais de 65 mil confirmações nas redes sociais
Foto: Facebook / Reprodução

Confira todos os vídeos da Copa das Confederações

O #VempraruaBH, que tem como principal bandeira a Reforma Política, conta com mais de 56 mil pessoas que disseram sim ao convite de participação. Outras 13.260 colocaram a opção talvez, em uma indicação de que o movimento pode bater o recorde das outras duas manifestações ocorridas antes de Japão x México e Taiti x Nigéria. No sábado, estimativas apontaram para quase 100 mil pessoas nas ruas.

Já o evento intitulado 5º Grande Ato, organizado pela Assembleia Popular de BH, tem mais de 10 mil pessoas confirmadas. O grupo decidiu pelo novo protesto em uma reunião no último domingo, e nesta terça-feira uma nova assembleia foi convocada para confecção de cartazes e definição dos últimos detalhes da caminhada. Os dois eventos têm como ponto de com concentração a Praça Sete, às 12h (de Brasília).

<p>Assembleia Popular promete marcha até Mineirão; #Vemprarua ainda não definiu rota</p>
Assembleia Popular promete marcha até Mineirão; #Vemprarua ainda não definiu rota
Foto: Facebook / Reprodução

Se a Assembleia Popular de BH decidiu por uma marcha até o Mineirão, nas redes sociais há divergências sobre o melhor itinerário. Há sugestões mais radicais, como a separação dos grupos para fechamento de todas as vias de acesso ao Mineirão, mas também, principalmente no evento #VempraruaBH, enquetes que propõem caminhada até a Assembleia Legislativa ou Prefeitura. Ainda há quem coloque na pauta o impedimento do deslocamento das delegações ao estádio. 

Nos outros dois jogos da Copa das Confederações na cidade houve confrontos violentos na Avenida Antonio Carlos, principal via de acesso ao estádio. Diante da inevitabilidade de novas manifestações, a Polícia Militar dá como certo novos embates e engrossou o discurso, prometendo Tolerância Zero. O prefeito Márcio Lacerda fez coro às palavras e ainda decretou feriado municipal em Belo Horizonte.

Uma foto tirada por internautas, possivelmente na Rodovia Fernão Dias, aumentou os boatos e o clima de incertezas nas redes sociais. Nela, um caminhão transporta tanques na principal via de acesso entre São Paulo e Belo Horizonte. Todo o plano de segurança para a partida será apresentado nesta terça-feira em entrevista do alto comando da Polícia Militar.

Conforme o Terra mostrou na segunda-feira, Belo Horizonte convive com o medo de confrontos ainda mais violentos do que os registrados até agora. Diante do jogo mais importante que a cidade irá receber na Copa das Confederações, existe a percepção por parte da Polícia de que os manifestantes irão fazer o máximo em busca de visibilidade. Entre moradores, o temor por quebra-quebras é maior do que a empolgação pela semifinal.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://esportes.terra.com.br/infograficos/copa-das-confederacoes-protestos/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://esportes.terra.com.br/infograficos/copa-das-confederacoes-protestos/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade