0

Torcida se divide sobre permanência de Tite

7 jul 2019
16h15
atualizado em 15/7/2019 às 15h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Torcedores da Seleção brasileira se mostraram divididos quanto à permanência do técnico Tite no comando da equipe, após o encerramento da Copa América. Pelo menos essa era a percepção minutos antes da final da competição, ao redor do Maracanã. Vários que não querem que ele continue não conseguiam, no entanto, apontar um eventual substituto.

Pietro, de camisa branca, quer que Tite continue na Seleção; Guilherme, de amarelo, prefere que o técnico saia
Pietro, de camisa branca, quer que Tite continue na Seleção; Guilherme, de amarelo, prefere que o técnico saia
Foto: Silvio Barsetti / Terra

Por outro lado, entre os que defendiam a continuidade do trabalho de Tite havia os que se diziam também sem opção. "Se ele sair, vai ser criado um novo problema. Quem viria? Não tem alternativa", disse o estudante Pietro Zanini, que veio de Foz do Iguaçu, no Paraná, com um grupo de amigos para ver a decisão.

Ao lado dele, seu colega Guilherme Eckert, outro de Foz de Iguaçu, não aprovava os três anos de trabalho de Tite na Seleção. "Quem convoca Fernandinho não pode dirigir a Seleção. Sou a favor da troca de técnico sim. Mas não dá para tirar o Tite e contratar o Mano Menezes ou o Renato Gaúcho. Não adiantaria nada."

O empresário Fabiano Bemvenuti, de Nova Friburgo-RJ, acha que Tite tem de manter a sequência do trabalho na Seleção
O empresário Fabiano Bemvenuti, de Nova Friburgo-RJ, acha que Tite tem de manter a sequência do trabalho na Seleção
Foto: Silvio Barsetti / Terra

Para o empresário Fabiano Bemvenuti, de Nova Friburgo, região serrana do Rio, Tite deveria ficar até a Copa do Mundo de 2022, no Catar. Ele credita à eliminação do Brasil na Copa de 2018, em jogo com a Bélgica,  como um acidente de percurso.  "Normal que haja momentos de instabilidade. Mas a culpa não é dele desses altos e baixos. Isso é natural.  É preciso dar sequência ao que ele vem fazendo."

Sua opinião não é compartilhada pelo estudante carioca Matheus Lapoente. "O time caiu nitidamente de rendimento ultimamente. Era hora de mudar. Preferia que viesse o Guardiola (hoje técnico do Manchester City). Isso ia dar motivação diferente."

Matheus Lapoente prefere ver Josep Guardiola, do Manchester City, no lugar de Tite
Matheus Lapoente prefere ver Josep Guardiola, do Manchester City, no lugar de Tite
Foto: Silvio Barsetti / Terra

Veja também:

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade