PUBLICIDADE

Conmebol agradece Bolsonaro e CBF por "abrir portas"

31 mai 2021 12h08
| atualizado às 13h09
ver comentários
Publicidade

A Conmebol agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por "abrir as portas" do Brasil para a realização da Copa América deste ano, após a Argentina desistir de organizar o evento em meio à pandemia de covid-19.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), é visto antes da partida entre as seleções de Brasil e Bolívia, válida pela 1ª rodada do grupo A da Copa América 2019, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na zona sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira, 14.
O Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), é visto antes da partida entre as seleções de Brasil e Bolívia, válida pela 1ª rodada do grupo A da Copa América 2019, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na zona sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira, 14.
Foto: BRUNO ULIVIERI/O FOTOGRÁFICO / Estadão Conteúdo

"A Conmebol agradece ao presidente Jair Bolsonaro e sua equipe, assim como à Confederação Brasileira de Futebol, por abrir as portas do país ao que hoje em dia é o evento esportivo mais seguro do mundo", afirmou a entidade em publicação no Twitter.

A Copa América estava inicialmente programada para ocorrer na Colômbia e Argentina entre 13 de junho e 10 de julho.

No entanto, a Colômbia foi retirada da organização na semana passada, em meio a uma onda de protestos contra o governo no país, e no domingo a Conmebol anunciou que a Argentina, castigada por uma nova onda de covid-19, também não sediaria a competição.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade